Telebras diz ao governo que não tem dinheiro para fechar capital " /> Telebras faz Assembleia Geral para aprovar capitalização de R$ 1,512 bilhão - Convergência Digital - Governo
GOVERNO

Telebras faz Assembleia Geral para aprovar capitalização de R$ 1,512 bilhão

Ana Paula Lobo* ... 01/10/2019 ... Convergência Digital

A Telebras, que está na lista de privatizações do governo Bolsonaro, informou por meio de fato relevante encaminhado à Comissão de Valores Mobiliários, nesta terça-feira, 01/10, que vai realizar uma Assembleia Geral Extraordinária em 31 de outubro. Até então, a estatal afirmava não ter dinheiro para fechar o capital.

A intenção é deliberar um aumento de capital de R$ 1.594.666.570,00 (um bilhão, quinhentos e noventa e quatro milhões, seiscentos e sessenta e seis mil e quinhentos e setenta reais) para R$ 3.107.338.567,90, (três bilhões, cento e sete milhões, trezentos e trinta e oito mil, quinhentos e sessenta e sete reais, e noventa centavos), mediante a capitalização de créditos da União no valor de R$ 1.512.721.997,90 (um bilhão, quinhentos e doze milhões, setecentos e vinte e um mil, novecentos e noventa e sete reais e noventa centavos), em conformidade com o Decreto nº 9.909/2019.

Caso aprovada na Assembleia Geral Extraordinária, a proposta prevê a emissão de 10.184.492 (dez milhões, cento e oitenta e quatro mil, quatrocentos e noventa e duas) ações ordinárias e, 8.074.780 (oito milhões, setenta e quatro mil e setecentos e oitenta) ações preferenciais, todas nominativas, na forma escritural e sem valor nominal. O preço de emissão será de R$ 117,59 (cento e dezessete reais e cinquenta e nove centavos) por ação ordinária e R$ 39,02 (trinta e nove reais e dois centavos) por ação preferencial, para subscrição privada.

Segundo ainda o fato relevante da Telebras, os acionistas terão direito de preferência na subscrição das novas ações a serem emitidas no aumento de capital, na proporção de suas participações no capital da Companhia no encerramento do pregão do dia em que for realizada a Assembleia Geral Extraordinária que aprovar o aumento de capital.

O Conselho de Administração também submeterá  à Assembleia Geral Extraordinária alteração do estatuto social da Telebras para previsão de capital autorizado no valor de R$1.300.000.000,00 (um bilhão e trezentos milhões de reais), bem como a eleição do Conselheiro Fiscal suplente, representante do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), senhor Paulo César Rezende de Carvalho Alvim, em substituição ao senhor Tarcísio Bastos Cunha; (ii) eleição do Conselheiro Fiscal suplente, representante do MCTIC, senhor Elifas Chaves Gurgel do Amaral, em substituição a senhora Cristina Vidigal Cabral de Miranda; e homologação da indicação de membro do Conselho de Administração, senhor Igor Vilas Boas Freitas.

*Com informações da CVM


Revista do 63º Painel Telebrasil 2019
Veja a revista do 63º Painel Telebrasil 2019 Transformação digital para o novo Brasil. Atualizar o marco regulatório das telecomunicações é urgente para construir um País moderno, próspero e competitivo.
Clique aqui para ver outras edições

Serviços digitalizados evitaram 65 milhões de visitas a órgãos públicos

A conta é da Secretaria de Governo Digital do Ministério da Economia, que considera atos inteiramente online anteriormente realizados somente com presença física do requerente. 

Suspeita de fraude faz Caixa bloquear 1,3 milhão de CPFs no Auxílio Emergencial

Total de contas bloqueadas responde por cerca de 5% dos pedidos aprovados. Para reativar o benefício, o dono da conta bloqueada terá de ir pessoalmente a uma agência e provar a sua identidade.

ABES: Software cobra transparência do ministério da Economia

Para o presidente da Associação Brasileira de Empresas de Software, Rodolfo Fücher, o veto à prorrogação da desoneração da folha chega em um momento onde a inadimplência aumenta e da falta de crédito.País caiu para 10º no ranking mundial de software.

Bolsonaro surpreende e veta prorrogação da desoneração da folha

Ao sancionar a Lei 14.020/20, presidente descartou manter o benefício até o fim de 2021 para 17 setores, inclusive TI e cal center. “Dispositivos acabam por acarretar renúncia de receita”, anotou na mensagem de veto.



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G