SEGURANÇA

GSI, da presidência, faz glossário para conceituar Segurança da Informação

Luís Osvaldo Grossmann ... 01/10/2019 ... Convergência Digital

O Gabinete de Segurança Institucional publicou nesta terça, 1º/10, uma portaria pela qual estabelece uma uniformização de termos utilizados na esfera da segurança da informação, área de competência normatiza no governo que é do próprio GSI. 

A medida pode ser vista em conjunto com o desenvolvimento de uma estratégia nacional de segurança cibernética e de resposta a incidentes, em elaboração pelo GSI, incluindo uma consulta pública. A ideia, como defende o Gabinete, é buscar governança centralizada sobre o tema. 

Entre os vários termos, o glossário define, por exemplo, que Administrador de perfil institucional  são agentes públicos que detenham autorização de responsável pela área interessada para administrar perfis institucionais de um órgão ou entidade da APF, direta e indireta, nas redes sociais.  Já o administrador de rede é a
pessoa física que administra o segmento de rede correspondente à área de abrangência da respectiva unidade.

O material também conceitua o que é ARMA CIBERNÉTICA CINÉTICA. Para a GSI, 'é software,hardware e firmware projetado ou aplicado especificamente para causar danos físicos, direta ou indiretamente, tanto em pessoas como em equipamentos somente através da exploração de vulnerabilidades dos sistemas e processos de informação.'

Já guerra cibernética é definida como "atos de guerra utilizando predominantemente elementos de TIC em escala suficiente por um período específico de tempo e em alta velocidade em apoio a operações militares através de ações tomadas exclusivamente no espaço cibernético de forma a abalar ou incapacitar as atividades de uma nação inimiga, especialmente pelo ataque aos sistemas de comunicação, visando obter vantagem operacional militar significativa. Tais ações são consideradas uma ameaça à Segurança Nacional do Estado." A publicação completa da Portaria 93/19 pode ser conferida neste link


Administradora de shopping centers revela ataque cibernético

Ao mercado a Aliansce Sonae informou que a invasão aconteceu em maio e a companhia admite que, algumas informações possam ter sido acessadas, mas que elas não eram estratégicas.

PF caça quadrilha que teria vazado dados do presidente Bolsonaro e de mais de 200 mil servidores

Ação policial acontece nos Estados do Rio Grande do  Sul e Ceará. Organização teria invadido sistemas de universidades, prefeituras e câmaras de veradores.

Para Idec, ação comprova que Metrô de SP não garante segurança de reconhecimento facial

Segundo entidade, que move processo contra o Metrô, empresa falhou em não realizar estudo para implantar a tecnologia. 

Bancos querem prisão por até 18 anos para cibercriminosos

Instituições financeiras pedem a aprovação urgente do PL 2638, apresentado na Câmara, pelo deputado Marcelo Ramos, PR/AM, que impõe punição rigorosa às fraudes cibernéticas. "A impunidade é um incentivo", diz Adriano Volpini, do Itaú-Unibanco.



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G