NEGÓCIOS

Michael Dell: É impossível definir como será a TI daqui a 15 anos

Ana Paula Lobo ... 01/10/2019 ... Convergência Digital

"Estou nesse mercado há mais de 30 anos. Tivemos anos desafiadores, mas os que estão por vir serão instigantes porque a tecnologia será, realmente, capaz de mudar o mundo", sustentou o presidente e fundador da Dell, Michael Dell, que veio ao Brasil, para participar do Dell Technologies Forum 2019, que celebra os 20 anos de atuação da empresa no País, realizado nesta terça-feira, 01/10, em São Paulo.

Michael Dell foi mais um executivo das gigantes de TI a lembrar que tudo está ficando inteligente e conectado e quem está dando as cartas nos negócios são os dados. "O poder dos dados para transformar é real", reforçou. O fundador da Dell não se furtou a falar de planos futuros e deixou claro que ser um integrador para o ambiente multicloud é uma jornada decisiva. "Dell, VMWare e EMC reunidas criam uma consistente plataforma multicloud, agnóstica e capaz de atender as demandas da transformação digital", pontuou.

E sobre a jornada digital, Michael Dell foi taxativo: o projeto de mudança da corporação não pode ser liderado pela TI por redefinir o modelo de negócios da companhia. "Se o dono não estiver diretamente envolvido e 'vestir' a camisa, não dará certo e quem não souber lidar com os dados não vai prosperar", afirmou. Instigado a fazer previsões para o futuro, Michael Dell brincou ao citar as previsões - sem sucesso - feitas por outros líderes da TI como Bill Gates, mas garantiu que o 5G é um divisor de águas.

"O 5G vai trazer aplicações ainda desconhecidas para nós e exigirá uma transformação da TI sem tamanho. Não tenho bola de cristal, mas fica claro que Inteligencia Artificial, cloud e 5G vão mexer com o mundo. A tecnologia pode até trazer coisas ruins como Hollywood coloca em seus filmes com as disputas com as máquinas, mas tenho convicção que a tecnologia vai produzir muita coisa boa para melhorar o mundo em que vivemos". O discurso da Dell é o da integração da infraestrutura tecnológica, onde as diversas nuvens vão reunir os dados gerados para consolidar os negócios.

Com o presidente da Dell Technologies Brasil, Luís Gonçalves, Michael Dell, agradeceu aos clientes brasileiros por transformar a unidade nacional em umas das 10 maiores da fabricante no mundo. Aproveitou para dizer que os investimentos da Dell são de longo prazo, ao responder um questionamento do porquê de voltar à bolsa de valores, depois de um período de fechamento das ações. "Precisamos dos acionistas para manter a nossa rota de negócios", completou.


Cloud Computing
Sob alegação de custo, empresas brasileiras desistem de aplicações na nuvem pública

Estudo da Nutanix mostra que mais de três quartos dos entrevistados estão trazendo as aplicações da  nuvem pública para uma infraestrutura local. Também revela que a desativação dos data centers tradicionais para a nuvem foram paralisados no ano passado.

#apoieojornalismoespecializado é prorrogada até 31 de julho

Campanha foi estendida como agradecimento aos apoiadores da iniciativa que são: ABERT, ABES, Abranet, Abratel, Abrint, ABTA, Algar, Assespro, Associação Neo,Brasscom, Brisanet, Cisco, Claro, Commscope, CPQD, Embratel Claro, Ericsson, Feninfra, Fitec, Futurecom 2020, Highline, Huawei, Infobip, Intel, Kryptus, Mercado Livre, mobi2buy, PadTec, Positivo Tecnologia, NIC.br, Oi, RNP, SAS, SindiTelebrasil, Stefanini, Surf Telecom, Sky, Take, TelComp, TIM ,  Vero Internet, Viasat, Vivo e WDC Networks.  A #apoieojornalismoespecializado une os veiculos - Convergência Digital, Mobile Time, Tele.Síntese, Teletime e TI Inside. Participe. Venha fazer parte do time que apoia o jornalismo especializado.

Stone que ir além das 'máquininhas', mas demite 1.300 para enfrentar crise do Covid-19

Empresa de meio de pagamentos quer investir em serviços financeiros e em ferramentas de vendas online. Em abril, a companhia, em parceria com o Grupo Globo, lançou a TON, voltada para trabalhadores autonômos.

Covid-19 fez produção da indústria eletroeletrônica recuar 9,1% em março

Abinee adverte que no mês de abril haverá uma nova queda, provavelmente ainda mais aguda, por conta das medidas de isolamento social.

#apoieojornalismoespecializado

Ação inédita une o Convergência Digital, o Mobile Time, o Tele.síntese, o Teletime e a TI Inside para uma campanha integrada para chamar a atenção para a relevância e o papel do jornalismo especializado setorial. O movimento é para financiar os esforços jornalísticos durante esse período de pandemia de Covid-19. Saiba quais são as empresas que já aderiram à nossa iniciativa e estão ajudando o jornalismo especializado.



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G