Home - Convergência Digital

TIM: Sem antena e capacitação de mão de obra, agricultura 4.0 não sai do papel

Ana Paula Lobo e Pedro Costa, do Rio de Janeiro - 23/09/2019

O planejamento da TIM Brasil para a rede NB-IoT, exclusiva para a conexão das coisas, é ousado e terá novidades para o começo do próximo ano, antecipa o head de produtos corporativos & IoT na TIM Brasil, Alexandre Dal Forno. Segundo ele, toda a estratégia está baseada em habilitar parceiros e empresas que queiram se conectar à rede da TIM. "A rede NB-IoT permite uma cobertura muito melhor no campo e também na cidade", relata o executivo, em entrevista à CDTV, do portal Convergência Digital.

Sobre a agricultura 4.0, Dal Forno diz que a conectividade é a grande habilitadora, mas a capacitação da mão de obra é crucial também. "Se tivesse mais antenas, a conectividade seria melhor, mas tem uma questão também do custo. A TIM criou um modelo de negócios e está ampliando a sua atuação no campo", ressaslta.

A capacitação da mão de obra do campo é um ponto crítico e não pode ser esquecido, adiciona o executivo da TIM Brasil. "Há ainda muita gente precisando de alfabetização no campo. E terá de passar por uma digitalização. Hoje muitos mal fazem um apontamento em uma planilha e terão de usar tablets. É uma mudança cultural significativa". Assistam a entrevista com Alexandre Dal Forno, da TIM Brasil.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

27/03/2020
Laura, a IA nacional que já salvou 12 mil vidas, entra no combate ao Coronavírus

27/03/2020
Claro, Oi, TIM e Vivo se unem e lançam campanha #FiqueBemFiqueEmCasa

19/02/2020
Defesa Cibernética: 5G do Brasil deve resistir a riscos de qualquer empresa ou nação

12/02/2020
Autor da nova Lei das teles lidera entidade para brigar por banda larga

07/01/2020
O carro será uma Internet das Coisas

27/11/2019
TelComp: conflito do uso do poste não tem uma solução única

25/11/2019
OVUM:Consolidação é inevitável nas operadoras competitivas

19/11/2019
Vero Internet vai às compras para ir além de Minas Gerais

18/11/2019
Vogel Telecom entra na disputa pelo mercado de atacado e redes neutras

18/11/2019
EB Capital está 'supercomprador' no ativo de redes

Destaques
Destaques

Tempo é um luxo que o Brasil não tem para fazer o 5G

Pesquisa da Omdia, ex-Ovum, em parceria com a Nokia, mostra que, nos próximos 15 anos, o 5G vai gerar R$ 5,5 trilhões para o País, sendo o governo beneficiado com o adicional de quase R$ 1 bilhão em receita com os serviços 5G.

Covid-19 fez smartphone virar agência bancária com 41% das transações financeiras

As transações bancárias feitas por pessoas físicas pelos canais digitais foram responsáveis por 74% do total de operações analisadas em abril, revela a Febraban.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Uma escolha de Sofia no leilão de 5G

Por Juarez Quadros do Nascimento*

Em um país democrático, como o Brasil, sem análise estratégica, não daria para arriscar em dispor, comercial e tecnologicamente, de “uma cortina de ferro ou uma grande muralha” para restringir fornecedores no mercado de telecomunicações.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site