Convergência Digital - Home

Universidade de Nova York escolhe empresa brasileira para projeto de nuvem

Convergência Digital
Convergência Digital* - 20/09/2019

A multinacional de tecnologia e engenharia Radix foi escolhida pela  New York University (NYU), considerada uma das instituições de ensino e pesquisa mais influentes do mundo, para atuar no desenvolvimento de um de seus programas, o NYU Administrative Data Research Facility (ADRF), que é uma plataforma hermética e segura de análise de dados confidenciais.

De acordo com o site da Coleridge Initiative, startup baseada na NYU que executa este projeto, o ADRF institucionaliza o acesso e o uso seguro de dados. É um ambiente baseado em nuvem e certificado pelo FedRAMP, que garante confidencialidade e sigilo das informações.

O sistema permite que agências do mesmo estado ou de estados diferentes dos Estados Unidos compartilhem seus dados em uma área comum na nuvem para determinadas ações. Somente no último ano, o ADRF ofereceu serviços para mais de 200 pesquisadores e funcionários de agências governamentais norte-americanas e abrigou quase 50 bases de dados confidenciais, de 12 agências diferentes de todos os níveis do governo.

“Nosso objetivo neste projeto era executar a reestruturação da arquitetura do ADRF com três principais focos: segurança, usabilidade e escalabilidade”, diz o gerente do projeto na Radix, Luiz Penedo. O programa foi executado pelos desenvolvedores Fausto Junqueira, João Ferreira e Willow Chung, que lidaram com tecnologias e plataformas como Docker, Kubernetes, Jupyter e AWS.

Empresa global com sedes no Rio de Janeiro e em Houston (EUA), a Radix atua nas áreas de tecnologia e engenharia, com o objetivo de transformar seu conhecimento técnico-científico em soluções qualificadas e com independência tecnológica para seus clientes. Hoje a companhia soma mais de 600 colaboradores.


Destaques
Destaques

Compartilhamento de dados fomenta o big data no governo federal

A TIC Governo Eletrônico 2019 mostra que ainda há muito por usar em análise de dados no governo. O MPF foi o maior utilizador dos dados para análise. O Executivo ficou com apenas 20%. Serviços na nuvem também ficam aquém do desejado.

Evite os mitos. Nuvem não é mágica nem resolve tudo

Mesmo com dados de crescimento constantes, conceitos errôneos atormentam a computação em nuvem e retardam, muitas vezes, a adoção da tecnologia. Os mitos,advertem o Gartner, são perigosos e enganosos.



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Transformação digital exige eficiência no gerenciamento

Por Luiz Fernando Souza*

Prevenir é sempre melhor do que remediar. Essa é uma máxima que precisa ser aplicada à transformação digital, e vale quando falamos da gestão dos servidores. E as razões são simples: é menos sofrido, menos dolorido e mais barato manter uma rotina de trabalho focada na manutenção, preservando com inteligência dados e sistemas.

Jornada para a nuvem: evite as armadilhas e faça a coisa certa

Por Fábio Kuhl*

Até bem pouco tempo, a nuvem era inovação, hoje me arrisco a dizer que, em breve, uma commodity.


Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site