Home - Convergência Digital

Campo conectado exige a instalação de muita antena

Ana Paula Lobo e Pedro Costa, do Rio de Janeiro - 17/09/2019

Em parceria com a Anatel, Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) realizou um estudo nacional para entender qual será a melhor política pública para levar conectividade ao campo para viabilizar a agricultura 4.0. Ao participar de painel sobre AGROTIC, no Rio Info 2019, evento que acontece esta semana, no Rio de Janeiro, o diretor de Inovação do MAPA, Luís Cláudio França, antecipou parte dos resultados do levantamento, que será divulgado até o final do mês, em Brasília.

Um ponto-chave para incrementar a conectividade é a urgente necessidade de implantação de mais antenas no campo. O levantamento, conta França, mostra que a instalação de 2400 novas antenas permitiria levar conectividade para 107 milhões de hectares. "Entendemos que há regiões onde a cada R$ 1 real investido, o retorno esperado é de R$ 7.00. Mas também temos regiões onde há a exigência de uma política pública para assegurar os investimentos de conectividade", pontuou o diretor de Inovação do MAPA.

França lembra que o Brasil possui hoje cerca de 97 mil antenas instaladas, quando países como Estados Unidos e China, têm quase 10 vezes mais antenas para atender as suas demandas de conectividade. "Um dos nossos trabalhos é sentar com os responsáveis pelo meio ambiente para ver a melhor forma de adequar as antenas e a necessidade de preservação", contou França no debate sobre o uso de tecnologia no campo. Assistam a entrevista com Luís Cláudio França, do MAPA.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

27/03/2020
Laura, a IA nacional que já salvou 12 mil vidas, entra no combate ao Coronavírus

19/02/2020
Defesa Cibernética: 5G do Brasil deve resistir a riscos de qualquer empresa ou nação

07/01/2020
O carro será uma Internet das Coisas

25/11/2019
OVUM:Consolidação é inevitável nas operadoras competitivas

18/11/2019
Vogel Telecom entra na disputa pelo mercado de atacado e redes neutras

12/11/2019
Datora se prepara para participar do leilão 5G

12/11/2019
Leilão 5G terá mínimo de 50 MHz para cada licitante

11/11/2019
5G exige políticas públicas e apoio do Governo

11/11/2019
Satélites vão ter papel central no ecossistema do 5G

08/11/2019
Teles não podem repetir 4G e serem engolidas pelas OTTs no 5G

Destaques
Destaques

Tempo é um luxo que o Brasil não tem para fazer o 5G

Pesquisa da Omdia, ex-Ovum, em parceria com a Nokia, mostra que, nos próximos 15 anos, o 5G vai gerar R$ 5,5 trilhões para o País, sendo o governo beneficiado com o adicional de quase R$ 1 bilhão em receita com os serviços 5G.

Covid-19 fez smartphone virar agência bancária com 41% das transações financeiras

As transações bancárias feitas por pessoas físicas pelos canais digitais foram responsáveis por 74% do total de operações analisadas em abril, revela a Febraban.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Uma escolha de Sofia no leilão de 5G

Por Juarez Quadros do Nascimento*

Em um país democrático, como o Brasil, sem análise estratégica, não daria para arriscar em dispor, comercial e tecnologicamente, de “uma cortina de ferro ou uma grande muralha” para restringir fornecedores no mercado de telecomunicações.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site