TELECOM

Sem acordo, CCT não marca votação da nova Lei de telecom

Luís Osvaldo Grossmann ... 04/09/2019 ... Convergência Digital

Sem um acordo firme sobre o PLC 79/16, o projeto que modifica a legislação sobre telecomunicações, o presidente da Comissão de Ciência e Tecnologia do Senado, Vanderlan Cardoso (PP-GO) não conseguiu anunciar nesta quarta, 4/9, uma data para a votação. 

O presidente da CCT vai tentar, no entanto, combinar com a relatora do projeto, Daniella Ribeiro (PP-PB) a data para a leitura do relatório na comissão – o que espera possa acontecer já na terça ou quarta-feira, 10 ou 11/9. Com isso, abre o prazo de praxe para vistas e, espera, marca a votação. 

Um acerto já materializado nesta quarta repara o constrangimento de pautar-se a votação do PLC 79 tendo sido aprovado um requerimento de nova audiência pública sobre o projeto. Assim, foi aprovado um requerimento que cancela novas discussões sobre o tema. 

O parecer da senadora Daniella Ribeiro é pela aprovação, sem modificação no texto já aprovado na Câmara há três anos. O PLC 79 abre caminho para a transformação das concessões de telefonia, que terminam em 2025, em autorizações de serviço – e com isso eliminando o regime público de prestação. 


Internet Móvel 3G 4G
Claro monta show com holograma para demonstrar uso do 5G

Concerto que celebrou 50 anos do Led Zeppelin no Allianz Parque, em São Paulo, usou realidade virtual na apresentação da Nova Orquestra com participação à distância do músico Lucas Lima. 

Revista do 63º Painel Telebrasil 2019
Veja a revista do 63º Painel Telebrasil 2019 Transformação digital para o novo Brasil. Atualizar o marco regulatório das telecomunicações é urgente para construir um País moderno, próspero e competitivo.
Clique aqui para ver outras edições

Anatel simplifica e zera custo para homologar produtos de Telecom

"A isenção da taxa é imediata e vale para todos os produtos homologados pela Anatel – inclusive radioamadores, drones e produtos importados para uso do próprio usuário”, disse o presidente da Agência Reguladora, Leonardo Morais.

Anatel: Tirando Oi, Telefônica, Claro, TIM e Sky todas as demais são pequenas prestadoras

Critério mudou de 50 mil acessos para 5% de cada mercado relevante, telefonia fixa e móvel, internet e TV paga.  Definição permite a isenção de uma série de obrigações regulatórias.

Acordo entre Enel e teles tenta novo mutirão de ‘limpeza’ dos postes em SP

Meta de limpar 1,8 mil postes até dezembro foi acertada com Vivo, Claro, TIM, Oi e Telcomp e o Procon-SP. 

Teles fazem campanha por conta digital sem papel

Segundo Sinditelebrasil, 76 milhões de clientes ainda recebem faturas impressas todos os meses – em média, 152 milhões de folhas. 




  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G