INOVAÇÃO

Mão de obra é o gargalo para fazer tecnologia e inovação no Brasil

Ana Paula Lobo e Pedro Costa, de Curitiba, PR ... 04/09/2019 ... Convergência Digital

A maior dificuldade, hoje, para avançar em Tecnologia está na falta de mão de obra, lamenta o presidente da Assespro Paraná, Adriano Krzyuy. O estado do Paraná quer ser o mais inovador do Brasil, mas sofre com a demanda por profissionais especializados. "Tecnologia e inovação são feitos por pessoas. E hoje temos poucas pessoas capacitadas", observa o executivo.

À CDTV, do portal Convergência Digital, Adriano Krzyuy diz que a pouca atratividade dos jovens para tecnologia e engenharias em geral está com os problemas na base do ensino. "Não se consegue desenvolver habilidades desde cedo em áreas como lógica, matemática e o inglês. TEmos de fomentar o interesse dos jovens para TICs. Essa é uma obrigação nossa", afirma.

A transformação digital foi um dos temas principais do My Innova Summit 2019, evento realizado pela Assespro Paraná. "Todos nós tivemos que mudar por causa da jornada digital. Nossas empresas tiveram de mudar processos, passar por nova capacitação e estudar novas ferramentas". Assistam a entrevista com o presidente da Assespro Paraná, Adriano Krzyuy.



BC: Pagamento pelo WhatsApp terá de provar proteção aos dados

"Um arranjo que começa com 120 milhões de clientes não é pequeno", explicou Roberto Campos Neto.

Empresas nacionais reclamam da burocracia e deixam de investir em Inovação

Em pesquisa do Instituto Eldorado, empresas alegam que os instrumentos de fomento são burocráticos ou desconhecidos. Mais da metade das companhias ouvidas assumem que estão investindo menos em novas tecnologias.

Indústria de semicondutores reage à liquidação da Ceitec

Em nota, associação nacional do setor indica “preocupação” com a medida. “Liquidação distanciará ainda mais o Brasil do conhecimento de ponta.”

OBr.Global promove bootcamps Live sobre empreendedorismo

Aceleradora, especializada em internacionalização das empresas, ensinará técnicas adotadas no Vale do Silício, nos EUA.

Política de informática foi feita para o hardware, mas deu certo com o software

Para Sílvio Meira, a estratégia que o Brasil quer desenhar para Inteligência Artificial precisa desafiar à produção nacional para trazer os resultados pretendidos.



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G