INCLUSÃO DIGITAL

Nas favelas, há jovens ávidos para aprender e trabalhar com TICs

Ana Paula Lobo e Pedro Costa, de Curitiba, PR ... 27/08/2019 ... Convergência Digital

O projeto Vai na Web trabalha desde 2017 com a formação de jovens entre 16 e 29 anos no Complexo do Alemão, comunidade que reúne mais de 160 mil moradores do Rio de Janeiro e uma das áreas mais conflituosas da cidade. "Ainda assim já formamos 200 jovens. Eles aprenderam linguagem de programação. Estamos agora ensinando Inteligência Artificial, Blockchain e Internet das Coisas", conta uma das responsáveis pela iniciativa, Aline Froes.

O Vai na Web foi um dos projetos premiados no MyInova Summit 2019, realizado em Curitiba, com organização da Assespro PR e Federação Assespro, como iniciativa de startup de TI. "TIC precisa de gerente qualificada. Precisa investir na formaçaõ de gente qualificada. E as empresas precisam enxergar as favelas, as comunidades mais pobres como celeiros de jovens ávidos para aprender, para construir uma carreira, mas que não têm acesso a essa educação de qualidade", conta Aline Froes.

Para expandir a fronteira do Vai na Web além do Complexo do Alemão, na zona norte do Rio de Janeiro, há, agora, uma busca por novos investidores. Assistam a entrevista com Aline Froes.


Carreira
No Brasil, Justiça do Trabalho impede demissão por namoro entre funcionários

Decisões da Justiça veem como discriminatória proibição e demissão por causa do relacionamento; nos EUA, o McDonald's demitiu o presidente executivo, Steve Easterbrook, por manter relação amorosa com uma funcionária.

Audima cria ferramenta para levar conteúdo aos analfabetos digitais

A partir da própria dor, uma vez que tem dislexia, Paula Pedrosa criou a Audima, uma startup que transforma palavras em áudios. "O império da visão exclui muita gente. Nosso desafio, hoje, é mostrar que inclusão monetiza", observa a executiva.

Domicílios com Internet chegam a 67% no Brasil, mas desigualdade permanece

TIC Domicílios 2018, do CGI.br, revela que as classes D e E elegeram o smartphone como o meio preferencial de acesso.

Nas favelas, há jovens ávidos para aprender e trabalhar com TICs

O projeto Vai na Web já formou 200 jovens em linguagem de programação, mas, agora,busca recursos para ensinar as profissões do futuro como Inteligência artificial e internet das coisas.

Anatel aprova consulta para aumentar potência do Wi-Fi

Além de permitir o uso de equipamentos WiFi na faixa de 60 Ghz, para o WiGig, que promete conexões de até 7 Gbps, agência prevê aumentar a potência atual dos aparelhos na faixa de 5 GHz.  

Anatel quer saber se há interesse em investir em satélites no Brasil

Consulta pública sobre o tema recebe contribuições até 7 de setembro. Ideia é saber se há empresas que queiram prover serviço ininterrupto de capacidade satelital por cinco anos a partir de 1 de janeiro de 2021.

Sem rede e velocidade de conexão, escola rural padece para acessar à Internet

Apenas 34% das escolas possuem ao menos um computador com acesso à internet e a velocidade de conexão é baixa para permitir uso pedagógico, na faixa de 2 Mbps, revela a pesquisa TIC Educação 2018, do CGI.br.



  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G