Home - Convergência Digital

Ericsson abre inscrições para Programa de Estágio e Trainee 2020

Convergência Digital - Carreira
Convergência Digital - 07/08/2019

Estão abertas as inscrições para o Programa Talentos 2020 da Ericsson Brasil. Com 60 vagas disponíveis para estágio e 10 para trainees, o programa busca atrair os melhores jovens talentos do País, com potencial para serem líderes de negócios e contribuírem com os planos de expansão da empresa no mercado.

A iniciativa está alinhada ao compromisso da Ericsson de renovar constantemente seu repertório de ideias e conceitos de inovação, para seguir se destacando como pioneira no setor em que atua. Desde o ano passado, a empresa promove importantes mudanças culturais dentro da empresa para modernizar o ambiente de trabalho, aproximar as pessoas, permitir cada vez mais integração entre os times e troca de experiências, ser um celeiro vivo das melhores ideias e assegurar boas oportunidades de desenvolvimento pessoal.

Alguns exemplos são a campanha Seja Você, que incentiva as pessoas a trazerem para o ambiente de trabalho o melhor delas, agindo, pensando e até se vestindo da forma como melhor se sentem; o Projeto FIKA!Labs, conectado à inovação e em busca de ideias e soluções inspiradoras para a resolução de problemas; o Clube Ericsson Toastmasters, focado no desenvolvimento das habilidades de comunicação e liderança; e, mais recentemente, a mudança para um novo escritório, a Nova Casa Ericsson – um ambiente muito mais moderno, mais digital, com conceito de open space, sem postos de trabalho fixos, para aproximar cada vez mais os colaboradores.

"Inovação é palavra-chave na visão e na estratégia de negócios da Ericsson. O mundo se transforma a cada dia, nosso mercado vive em constante processo de evolução e nós acompanhamos esse movimento de perto. Abrir nossas portas para mentes jovens e inovadoras é parte fundamental da governança da empresa", diz Silvio Paciello, Vice Presidente de Recursos Humanos da Ericsson para o Cone Sul da América Latina. "Aumentamos em 20% o número de vagas no programa de estágio e dobramos as vagas para trainees nesse ano em comparação ao ano passado para ampliar ainda mais o mix de idades e experiências", completa o executivo.

A valorização do profissional jovem é algo que está no DNA da empresa há muitos anos. Um grande exemplo disso é a história de Eduardo Ricotta, Presidente da Ericsson para a região LATAM Sul. O executivo – que é graduado em Engenharia de Telecomunicações pelo Inatel (Instituto Nacional de Telecomunicação) e acumula mais de 25 anos de experiência profissional – começou sua carreira na Ericsson em 1993, justamente como trainee.

Segundo ele, o programa foi um divisor de águas em sua formação e em sua trajetória: "Quando participei do Programa de Trainee da Ericsson, me foi dada a oportunidade de interagir com as diferentes áreas de negócios da companhia. Todos os dias, eu era motivado a contribuir com soluções para os desafios das áreas, combinando os conhecimentos que eu havia acumulado durante minha graduação com os novos aprendizados adquiridos na interação com os executivos que já estavam na empresa há mais tempo. Esse mix de experiências e visões me preparou para os passos seguintes que pude dar na minha carreira, e que me levaram a ocupar posições de destaque na Europa, América do Norte e na América Latina". Antes de assumir a presidencia da região LATAM Sul, Ricotta era o Presidente da Ericsson para o Brasil (2017-2019) e Vice Presidente de Negócios para LATAM (2012-2017).


Sobre o programa

O Programa Ericsson Talentos 2020 foi elaborado para oferecer a plataforma de desenvolvimento que os jovens talentos precisam para fazer um significativo avanço em suas carreiras, com experiências que irão maximizar suas habilidades de negócios, adicionar mais conteúdo aos seus repertórios e equipá-los para impactar positivamente o cenário global das telecomunicações.

Programa de Estágio – Com duração de até 2 anos, proporciona aos candidatos a vivência da missão da Ericsson desde cedo. Por meio de experiências práticas e conteúdo especialmente preparado, o programa tem como objetivo enriquecer a formação acadêmica e o currículo dos estagiários selecionados. Como benefícios, são oferecidos Bolsa salário, Assistência Médica, Assistência Odontológica, Seguro de Vida, Vale Transporte, Restaurante no local ou Vale Refeição (dependendo da localização), Programa Gympass, Bicicletário e chuveiro (dependendo da localização).

Para se ser elegível à candidatura, o/a estudante precisa estar regularmente matriculado no nível superior, cursando em 2020 o penúltimo ou último ano. Diferentes áreas são aceitas, com destaque para Ciências da Computação, Engenharia Elétrica, Engenharia Mecânica, Engenharia Produção, Engenharia Mecatrônica, Engenharia Eletrônica, Engenharia de Telecomunicações, Engenharia de Materiais, Administração, Direito, Economia, Matemática, Sistemas de Informação, Publicidade & Propaganda, Relações Públicas, Marketing ou Comunicação. É necessário também ter inglês avançado (espanhol será um diferencial) e bons conhecimentos do pacote Office.

Programa de trainee – Com 12 meses de duração, oferece aos candidatos a possibilidade de obter uma visão global da empresa. O programa será planejado e orientado por executivos e profissionais da área de Recursos Humanos, visando proporcionar aprendizado diferenciado para que os trainees possam assumir, futuramente, posições de destaque na Ericsson.

Ao longo do ano, os selecionados irão passar por diferentes áreas da empresa para que conheçam todo o funcionamento do negócio, além de participarem de sessões de coaching e mentoria com os executivos da companhia. Há a possibilidade de experiência nos outros quatro escritórios da Ericsson no Cone Sul da América Latina para os 5 candidatos que mais se destacarem no programa. A Ericsson oferece, como benefícios aos trainees, remuneração compatível com mercado, vale transporte, vale alimentação ou refeitório no local, seguro saúde, seguro de vida, seguro dental e plano de previdência.

Para ser elegível à candidatura, o/a estudante deve ter formação acadêmica entre Dez/2018 e Dez/2019. Todos os cursos de bacharelado são de interesse, com destaque para: Administração, Engenharia, Tecnologia da Informação, Marketing, Análise & Desenvolvimento de Sistemas e Matemática. Ter disponibilidade para viagens nacionais e internacionais, além de inglês fluente, são requisitos fundamentais. Espanhol será considerado um diferencial na decisão final pelo candidato.

Clique aqui para mais informações sobre o Programa de Estágio e Trainees 2020 da Ericsson.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

10/12/2019
Internet dos sentidos: uma nova etapa da economia digital

09/12/2019
Ericsson assume culpa e fecha acordo de US$ 1,06 bi com a Justiça dos EUA

05/12/2019
Ericsson: patentes mais importantes são as que resolvem os problemas

08/11/2019
Ericsson: 72% dos decisores querem 5G em 2020 no Brasil

07/08/2019
Ericsson abre inscrições para Programa de Estágio e Trainee 2020

10/06/2019
Tratores autonômos são a realidade do agronegócio com o 5G

29/03/2019
Um terço dos brasileiros desperdiça dados móveis

11/03/2019
Para Ericsson, 5G vai fazer acontecer, de verdade, a indústria 4.0

07/12/2018
Bug em software da Ericsson derruba celulares em 11 países

13/09/2018
Vivo e Ericsson testam 5G na faixa de 28 GHz

Veja mais artigos
Veja mais artigos

A urgência de cultivar talentos para TIC no Brasil e no mundo

Por Breno Santos*

A transformação digital ainda é um desafio para muitas empresas no Brasil e a aplicação estratégica das novas soluções deve acontecer por meio de equipamentos e mão de obra qualificada.

Destaques
Destaques

TST suspende demissões na Dataprev enquanto durar crise da Covid-19

Trabalhadores alegaram que os prazos acordados no fim da greve não terão como ser integralmente cumpridos diante da situação emergencial com a epidemia do coronavírus. 

Coronavírus: Teles advertem que sem equipes técnicas na rua, há risco para a rede

O SindiTelebrasil está alertando Estados e municípios sobre a necessidade e urgência em manter suas equipes técnicas e os call centers em operação, ainda que de forma reduzida, para garantir a conectividade e como medida essencial.

Faltam profissionais para cuidar dos ataques cibernéticos no Brasil

Ao publicar a Estratégia Nacional de Segurança da Informação, a e-ciber, o governo admite que o País possui poucos profissionais especializados em segurança cibernética; que há uma baixa conscientização dos usuários com relação ao tema e que é preciso urgente criar um programa nacional destinado à formação técnica nos órgãos do governo e nas empresas privadas.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site