" /> "Multicloud traz prejuízo ao bolso e abre vulnerabilidades", alfineta CTO da AWS - Convergência Digital - Cloud Computing
Convergência Digital - Home

"Multicloud traz prejuízo ao bolso e abre vulnerabilidades", alfineta CTO da AWS

Convergência Digital
Ana Paula Lobo - 27/06/2019

O vice-presidente e CTO da Amazon Web Services (AWS), Werner Vogels, não foge dos questionamentos. Ao ser indagado pelo Convergência Digital sobre o impacto das multiclouds - que é a possibilidade de o cliente ter múltiplos fornecedores de serviços na nuvem - o executivo não se fez de rogado. Ele detonou a modalidade.

"Clientes que usam múltiplas nuvens duplicam seus recursos de engenharia, aumentam seus gastos e perdem capacidade de segurança e de melhor uso dos recursos. Não dá para colocar o Banco de Dados em uma nuvem e uma aplicação crítica em outra. Não faz sentido técnico e de custo", disse. "A maior parte dos nossos clientes considerou multicloud, mas, ao final, ficaram com a AWS. Se estabelece uma relação mais próxima com o cliente", acrescentou o executivo.

A Natura, cliente da AWS, é cliente AWS, mas mantém contrato com outros quatro fornecedores de nuvem, contou o vice-presidente de Tecnologia, Fernando Lemos. Sem polemizar, o executivo ponderou que o mais importante é estabelecer uma relação de confiança com o provedor. "Esse é grande ponto da nuvem. Provedor e cliente têm de estar em sintonia", sustentou. A fundadora e CTO da Pismo, uma startup de meios de pagamentos, por sua vez, se mostrou cética com relação à multicloud.

"A solução híbrida é muito bonita no papel, mas no dia a dia ela pode ser de grande complexidade", observou. Já Henrique Hedemann, da Embraer- que recentemente criou o projeto Ikon com a AWS - diz que é agnóstico com relação à tecnologia e está pronto para avaliar provedores de serviços. E aponta um dado relevante para somar a discussão. "Ao fim das contas, são as pessoas que vão lidar com a tecnologia. Elas são o ponto de referência de todo e qualquer aplicação".

Blockchain, 5G e futuro da nuvem

Indagado sobre tendências, o CTO da AWS, Werner Vogels, falou ainda de blockchain. "É uma tecnologia boa, mas que ainda busca oportunidades para se consolidar. Ainda vamos ver como elas vão ficar. Hoje, blockchain está ligada ao mundo das criptomoedas e o mercado quer saber para onde a tecnologia vai andar". Outra forte expectativa é com o 5G. Para o CTO, a nova geração da tecnologia móvel vai, de fato, revolucionar os sistemas, mas Vogels alfineta. "O grande problema é que os sistemas vão precisar funcionar e ter dispositivos que funcionem e hoje esse ecossistema não está azeitado".

No mundo da computação em nuvem, há muito por construir e para conquistar e segurança foi e segue sendo o desafio a ser vencido. "Cada vez mais as empresas vão para a nuvem e ainda há muito espaço para o processamento dos dados. Elas estão confiando seus dados na nuvem. A segurança ganha ainda mais relevância. Nossas pesquisas são para enxergar o que é possível fazer para garantir os dados da empresa, dos clientes", completou Vogels.







ARTIGO . Por Melissa Torgbi

Cientista de dados: seja curioso, se envolva e tenha muita disposição para resolver problemas

Há muita empolgação acerca do termo “ciência de dados” atualmente. Para nós que queremos ser cientistas de dados, há alguns requisitos. Um deles: ter muita, mas muita vontade de aprender o tempo todo.

Destaques
Destaques

Empresas ambicionam mais Inteligência Artificial, mas sofrem com falta de talento

Um apesquisa global da Bain mostra que três em cada empresas, instigadas pela covid-19 e a aceleração da digitalização, se preparam para investir mais em inteligência artificial e machine learning. Mas assumem que as dificuldades não são poucas.

Eneva investe R$ 3 milhões para unir gás à energia com a IA ALINE

Software, que utiliza algoritmos de machine learning, foi desenvolvido em parceria com o Instituto Tecgraf da PUC/Rio e está sendo testado no Maranhão. Próxima etapa é um projeto de pesquisa com foco na integração da produção do gás onshore com a geração de energia, o que significa usar IA em um projeto 100% conectado.



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

O que é o balanceamento de carga de alta disponibilidade?

Por Ivan Marzariolli *

A alta disponibilidade começa com a identificação e eliminação de pontos únicos de falha em sua infraestrutura que podem desencadear uma interrupção do serviço - por exemplo, implantando componentes redundantes para fornecer tolerância a falhas no caso de um dos dispositivos estiver com problemas.

Dados em tempo real fazem toda a diferença no e-commerce

Por Leandro Rodriguez*

O tempo se tornou o fator crítico no relacionamento entre vendedor e comprador. Levar informações em tempo real a uma filial local ou a gerentes de loja pode ser determinante para a aquisição de clientes e, consequentemente, aumentar as vendas.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site