GESTÃO

Transformação ágil é condição de sobrevivência para empresas

Ana Paula Lobo e Rafael Mariano ... 24/06/2019 ... Convergência Digital

Os pilares da transformação digital, com foco nos clientes, reinvenção do negócio e eficiência, exigem que as empresas financeiras e de modo geral todo o mundo corporativo saiam da zona de conforto e adotem novos modelos mentais, especialmente para aquilo que é chamado de transformação ágil.

“A transformação digital tem três grandes pilares: a melhor experiência para o cliente, porque é muito rápido ir para outro banco, um clique; um olhar para novos negócios, como ‘disruptar’ seu modelo; e a eficiência operacional. E aí tem todo um arcabouço de metodologias ágeis para acelerar, otimizar e tornar a empresa mais enxuta”, destaca o diretor de Cultura e Transformação Ágil da BRQ, Thyago Rebelato.

“É o investimento das grandes empresas, todas falam e aplicam na prática a transformação ágil. Não tem como, hoje, não se preocupar se o operacional, se o modelo de trabalho está realmente sendo enxuto e extremamente eficiente, porque no fim das contas é custo na veia. E não só área financeira, mas saúde, e-commerce, e claro que a área financeira está investindo muito.” Assistam à entrevista.


Carreira
Parceria oferece 100 mil vagas gratuitas em cursos de programação

Iniciativa da Digital Innovation One e do Sindicato patronal de TI de São Paulo pretende capacitar mão de obra e identificar talentos em tecnologia. Os interessados podem, por exemplo, aprender Javascript, HTML, Reactjs, banco de dados, Python, Git, blockchain e inteligência artificial.

Empresas de software reagem a novo imposto no Rio de Janeiro

Tributo, oriundo do Fundo Orçamentário Temporário (FOT), passaria a valer a partir de 01 de janeiro, mas liminar, concedida à FIRJAN, adiou a cobrança para março. "Legislação é inconstitucional e vamos reagir", diz o presidente do TI Rio, Benito Paret.

Contrato bilionário de serviços na nuvem do TJSP com Microsoft volta à mesa com decisão do STF

Supremo suspendeu uma resolução do CNJ que obriga aos tribunais a adotarem plataforma desenvolvida pelo próprio Judiciário para tramitação eletrônica de processos.

Ministério da Justiça vai usar OTTs de mensagem para mandar intimações

Não está claro se as intimações irão por WhatsApp e Telegram ou por apenas um OTT. Os interessados têm de concordar em receber a intimação pelo celular.

Governo estuda como transferir dados para Serpro e Dataprev pós-privatização




  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G