NEGÓCIOS

Facebook une 27 empresas, lança moeda virtual Libra e invade espaço dos bancos

Convergência Digital ... 18/06/2019 ... Convergência Digital

O Facebook divulgou nesta terça, 18/6, planos de lançar uma criptomoeda chamada “Libra”, com base em parceria com outros 27 sócios de uma entidade sediada em Genebra chamada Libra Association, que administrará essa nova moeda digital. A ideia é lançá-la no primeiro semestre de 2020. 

Segundo a empresa, essa moeda não será um ativo especulativo, como a Bitcoin, mas uma forma de dinheiro digital baseado em reservas. Ou seja, a expectativa é de que a “Libra” seja usada como forma de pagamento por serviços, tanto online como off-line. 

Os parceiros dão uma ideia dessa expectativa. Entre eles estão empresas de venture capital, de criptografia, de telecomunicações e do mercado financeiro, como Coinbase, Mastercard, Visa, eBay, PayPal, Stripe, Spotify, Uber, Lyft e Vodafone.

A rede social também criou uma subsidiária chamada Calibra, que oferecerá carteiras digitais para salvar, enviar e gastar “libras”. O Calibra será conectado às plataformas de mensagens do Facebook Messenger e WhatsApp, que já possuem mais de um bilhão de usuários. 

O Facebook espera que a moeda digital não apenas potencialize as transações entre consumidores e empresas em todo o mundo, mas que ofereça serviços financeiros aos consumidores sem acesso a banco. 

Não está claro como parlamentares ou reguladores reagirão ao Facebook tomando iniciativa em direção a serviços financeiros através do mundo altamente desregulado das criptomoedas. 

O Facebook contatou reguladores nos Estados Unidos e no exterior para falar sobre a futura criptomoeda, disseram executivos da empresa. Eles não especificariam quais reguladores ou se a empresa solicitou licenças financeiras em qualquer lugar. 

* Com informações da Reuters


#apoieojornalismoespecializado é prorrogada até 31 de julho

Campanha foi estendida como agradecimento aos apoiadores: ABERT, ABES, Abinee, Abranet, Abratel, Abrint, ABTA, Algar, Assespro, Associação Neo,Brasscom, Brisanet, Cisco, Claro, Commscope, CPQD, Embratel Claro, Ericsson, F5, Feninfra, Fitec, Futurecom 2020, Highline, Huawei, Infobip, Intel, Kryptus, Mercado Livre, mobi2buy, PadTec,
Positivo Tecnologia, NIC.br, Oi, RNP, SAS, SindiTelebrasil, Stefanini,
Surf Telecom, Sky, Take, TelComp, TIM ,  Vero Internet, Viasat, Vivo e WDC Networks. 
A #apoieojornalismoespecializado une os veiculos - Convergência Digital, Mobile Time, Tele.Síntese, Teletime e TI Inside. Participe. Venha fazer parte do time que apoia o jornalismo especializado.

Stone que ir além das 'máquininhas', mas demite 1.300 para enfrentar crise do Covid-19

Empresa de meio de pagamentos quer investir em serviços financeiros e em ferramentas de vendas online. Em abril, a companhia, em parceria com o Grupo Globo, lançou a TON, voltada para trabalhadores autonômos.

Covid-19 fez produção da indústria eletroeletrônica recuar 9,1% em março

Abinee adverte que no mês de abril haverá uma nova queda, provavelmente ainda mais aguda, por conta das medidas de isolamento social.

#apoieojornalismoespecializado

Ação inédita une o Convergência Digital, o Mobile Time, o Tele.síntese, o Teletime e a TI Inside para uma campanha integrada para chamar a atenção para a relevância e o papel do jornalismo especializado setorial. O movimento é para financiar os esforços jornalísticos durante esse período de pandemia de Covid-19. Saiba quais são as empresas que já aderiram à nossa iniciativa e estão ajudando o jornalismo especializado.



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G