Convergência Digital - Home

Privacidade: Justiça retoma pressão sobre Facebook

Convergência Digital
Da redação - 31/05/2019

O juiz Joseph Slights, de Delaware, nos Estados Unidos, ordenou que o Facebook entregue emails de acionistas e outros registros que tratem sobre como a empresa de mídia social lida com privacidade de dados, depois que dados de 87 milhões de usuários foram acessados pela consultoria britânica Cambridge Analytica. Isso significa a retomada do pesadelo que consome o Facebook desde março do ano passado.

Para o magistrado, os acionistas demonstraram uma “base crível” para se inferir que os membros do conselho de administração do Facebook podem ter cometido irregularidades relacionadas a violações de privacidade de dados. Slights observou que o Facebook estava, no momento da violação de 2015 da Cambridge Analytica, sujeito a um acordo com a Comissão Federal de Comércio dos EUA (FTC), sob o qual a empresa tinha prometido reforçar medidas de segurança de dados.

As alegações de uso indevido de dados de usuários do Facebook pela Cambridge Analytica, contratada pela campanha eleitoral de Donald Trump em 2016, levaram a uma série de investigações nos EUA e na Europa. A violação foi divulgada em março de 2018 e, mais tarde, a Cambridge encerrou atividades.

Em setembro do ano passado, acionistas disseram que processaram o Facebook para obterem registros relacionados à Cambridge Analytica e outras violações, e depois de eventualmente encontrarem irregularidades podem processar executivos e diretores da empresa por meio de uma chamada ação derivada. De acordo com a Agência Reuters, o Facebook não respondeu aos pedidos de esclarecimento.


Destaques
Destaques

Brasil investe menos que o mundo em proteção de dados na nuvem

No País, 56% das empresas alocaram verba em novas soluções para lidar com a proteção de dados em nuvem nos próximos 12 meses. No mundo, esse percentual está em 70%.

Prefeitura do Rio e TIM fecham parceria por big data no combate ao Covid-19

Informações coletadas vão auxiliar no controle do vírus, já que permitem implantar medidas que facilitem a tomada de decisões. Plataforma já foi utilizada na Copa do Mundo de 2014 e usa apenas dados anonimizados.



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Como gerenciar o caos da estratégia multicloud

Por Ivan Marzariolli*

Os gestores precisam de uma solução para atenuar os riscos de uma arquitetura multicloud e desafios operacionais, o que pode inclusive melhorar o compliance, a precisão e as necessidades de DevOps e SecOps, reduzindo o estresse na equipe de TI.

Segurança em nuvem na era da LGPD

Por Raul Leite*

Quando falamos de proteção da nuvem, as organizações devem ter em mente uma série de estratégias. A começar pela escolha minuciosa do provedor de serviços, que precisa estar preparado para os novos compromissos de privacidade. Também é necessário certificar se o armazenamento dos dados é feito de modo criptografado quando necessário pelo nível de sigilo da categorização de um dado.



Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site