NEGÓCIOS

Padtec vende unidade OTN Switch à francesa Ekinops por R$ 46 milhões

Ana Paula Lobo* ... 29/05/2019 ... Convergência Digital

Dentro da estratégia de centrar os investimentos na tecnologia DWDM, a Padtec anunciou nesta quarta-feira, 29/05, a venda da plataforma, criada pela PadTec, OTN Switch - voltada para adicionar flexibilidade às redes de transmissão ótica- para a francesa Ekinops por R$ 46 milhões. Acordo entre as empresas prevê a continuidade da produção local dos equipamentos na fábrica da PadTec.

"A operação, que soma um total de R$ 46 milhões, contribui diretamente para o aumento dos investimentos em P&D pela Padtec, de forma a levar ao mercado soluções e serviços cada vez mais avançados, tornando a empresa ainda mais competitiva e acelerando seus negócios no Brasil e no exterior", afirma Manuel Andrade, CEO da Padtec.

No acordo entre as empresas, a Ekinops assume o compromisso de evoluir a linha de produtos com a tecnologia OTN Switch desenvolvida pela Padtec, contando com a equipe de engenheiros originários da fornecedora brasileira. A Padtec, por sua vez, continua a produzir essa linha de equipamentos em sua fábrica no Brasil e a comercializar a solução para sua base de clientes.

"O acordo com a Padtec permite que a revenda os produtos com a tecnologia OTN Switch da Ekinops. Esta é uma importante aquisição, que permitirá que a Ekinops triplique suas vendas de produtos ópticos nos próximos cinco anos", destaca Didier Brédy, chairman e CEO da Ekinops.

No comunicado, a Padtec informa que vai priorizar o foco da área de pesquisa e desenvolvimento - e do lançamento de produtos - para o aumento da taxa de transmissão DWDM, com novos transponders operando a 400 Gb/s e 1,2 Tb/s, novos amplificadores ópticos e soluções que acompanham as tendências de evolução para redes SDN (Software Defined Networks) – arquitetura que permite controlar ou programar a rede de maneira central e inteligente, empregando um conjunto de funcionalidades em um único ambiente web.

*Com informações da Assessoria da Padtec


Cientista de dados: seja investigativo, analítico e curioso

Não há um perfil delimitado para o cientista de dados, o que significa que ele pode ser um 'profissional mais rodado e experiente' ou uim jovem recém-saído das universidades. Mas há um ponto essencial: a multidisciplinaridade, aponta o professor e especialista em ciência de dados do Instituto de Gestão e Tecnologia da Informação (IGTI), João Carlos Barbosa.

Serpro busca parceria com bancos para emissão de certificado digital

Chamamento público espera identificar oportunidades de negócios que fomentem a massificação das assinaturas digitais. 

Huawei diz ter estoque suficiente para atender demanda nacional

Diretor senior de Relações Públicas e Governamentais da empresa, Atílio Rulli, assegurou que o estoque da fabricante está 'em linha com que é visto no mundo'. Hoje a Huawei produz localmente 40% dos equipamentos que vende às operadoras, ISPs e empresas brasileiras.

Acesso Digital recebe aporte e entra na briga pelo mercado de Telecom

Empresa, criada em 2007, trabalha com reconhecimento facial e assinatura eletrônica, recebeu um investimento de R$ 580 milhões liderado por SoftBank e General Atlantic.

Empresa brasileira de mineração e blockchain é comprada por R$ 165 milhões

A FastBlock, foi criada po rum brasileiro, em 2014, e possui cerca de 20 data centers e já minerou mais de 50 mil bitcoins. Bernado Shucman fica à frente da unidade de operação da Marathon Patent Group.



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G