NEGÓCIOS

Magazine Luiza compra Netshoes por R$ 248 milhões

Ana Paula Lobo* ... 29/04/2019 ... Convergência Digital

ATUALIZADA -No final desta segunda-feira 29/04, a Magazine Luiza anunciou a compra da operação brasileira da Netshoes por US$ 62 milhões, ou R$ 248 milhões, com a cotação do dólar a R$ 4.00. A venda no Brasil acontece no mesmo dia da venda das operações da Netshoes na Argentina para o grupo BT8, cujos valores não foram revelados.

A Netshoes foi a primeira empresa digital brasileira a alcançar o valor de US$ 1 bilhão, abriu capital em 2017 e chegou a valer US$ 880 milhões, mesmo sem dar lucro. Mas, passados dois anos, o valor da empresa caiu para algo em torno de US$ 65 milhões - tanto que terminou vendida por US$ 62 milhões. Entre as causas para uma queda tão brusca estavam a diversificação excessiva, que provocou encalhes de produtos, e o elevado endividamento, mesmo com alto fluxo de caixa.

No ano passado, já com alto grau de endividamento, a empresa de comércio eletrõnico contratou o Goldman Sachs para buscar um novo sócio que possa injetar capital na companhia, depois do banco ter ajudado a empresa a refinanciar sua dívida. Desde a estreia na bolsa de Nova York, em abril de 2017, as ações da varejista online caíram quase 90%.

Nesta segunda-feira, 29/04, saiu o anúncio da venda da Netshoes para a Magazine Luiza. Ainda não há detalhes de como será a operação de fusão das atividades. A Netshoes será incorporada por uma subsidiária do Magazine Luiza criada nas Ilhas Cayman, afirmou a rede de varejo.

*Com agências de notícias e agência Reuters


Recrutadores e a dura tarefa de contratar cientistas de dados

O maior gargalo é encontrar profissionais adequados às demandas das empresas e o Brasil, hoje, é um exportador de talentos para outros países.

Cenário ainda é nebuloso, mas aumenta a confiança na indústria eletroeletrônica

Após quatro quedas consecutivas, o Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) do Setor Eletroeletrônico, aumentou 9,3 pontos no mês de junho em relação a maio, mas ainda fica abaixo dos 50 pontos, indicando o receito das empresas com relação ao impacto da Covid-19.

Bradesco: Open Banking tem regulamentação agressiva e será uma agenda de ataque

O conselheiro do banco, Maurício Minas, diz que os grandes bancos vão adotar técnicas de defesa frente à concorrência, sem deixar de partir ao ataque. "Nós temos funding, balanço e credibilidade", salientou. Bradesco promete o uso massivo das nuvens híbridas.

Câmbio pressiona componentes e repasse vai chegar ao consumidor

Em sondagem realizada pela Abinee,  69% das empresas reportaram "pressões acima do normal".  O custo do frete também impacta os preços em tempo de redução de produção por conta da Covid-19.

Banco Bari e Paraná Banco unem transformação digital ao Open Banking

O Pari, nascido 100% digital, e o Paraná Banco, com 40 anos de atividades, identificam no Open Banking a oportunidade de avançar e consolidar linhas de serviços.



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G