TELECOM

Testes para mitigar interferências do 5G na faixa de 3,5GHz entram na reta final

Por Carmen Lucia Nery* ... 26/04/2019 ... Convergência Digital

O teste conduzido pela Anatel para avaliar a convivência do 5G com o serviço móvel na banda C entrou na reta final, contou o especialista em regulação da Anatel, Alex Pires de Azevedo, ao participar do 5G&LTE Forum Latin America, realizado no Rio de Janeiro. De acordo com o especialista da agência reguladora, estão sendo testados dois tipos de equipamentos receptores de sinal de TV os profissionais (LNB), que são licenciados, e os equipamentos de consumo que apenas recebem sinal de TV de antenas parabólicas e precisariam de um filtro em banca C (LNBF).

“A maior parte desses dispositivos LNBF não tem esse filtro e não há como inserir filtros neles, seria necessário construir outros equipamentos. Já há três equipamentos LNBF com promessa de evolução. Os sistemas multipontos já estão claro que não poderão ser usados”, diz Azevedo. Os testes coordenados pela Anatel contam com a participação dos segmentos móvel e de satélite e a indústria.

Azevedo ressaltou ainda que os resultados precisam ser repetitíveis e reproduzíveis e em qualquer lugar do mundo tem de ser o mesmo. Na fase 2, os sistemas já caracterizados foram levados a campo. Os testes foram realizados a uma distância de 70 metros entre as estações rádio base 4G e 5G e as estações de satélite. A Anatel, agora,aguarda o relatório final do resultado dessa fase 2.

“Os resultados vão definir os requisitos para avaliação de conformidade e certificação e de filtro. Outro objetivo é estabelecer limites de potência no final da faixa de 5G que teriam de ter small cells, além de outras estratégias de mitigação como escalonamento do roll out do 5G. E servirão também para gerar subsídios para o edital de 5G”, concluiu Azevedo.

O Brasil já definiu para março de 2020 a data do leilão das frequências de 5G. Serão ofertadas sobras de 700 MHz (10 mais 10 Mhz), as faixas de 2,3/2,4 GHz; 3,3 a 3,6 GHz; e a onda milimétrica de 26 GHz. Os teste para avaliar a convivência do serviço móvel na banca C com o satélite, estão na fase final. No momento foram testados um equipamento 5G da Huawei e uma solução massivo Mimo em 4.5G da Ericsson no laboratório de rede da Claro no Rio de Janeiro. A Nokia não participa do teste porque já havia realizado um piloto com a TIM.


Londrina quer vender Sercomtel por R$ 130 milhões

Tentativa de privatização da operadora, que tem cerca de 400 mil acessos de telefonia e internet, foi remarcada para 18/8, na B3. Prefeitura admitiu o parcelamento na aquisição para atrair interessados nessa nova tentativa.

Refarming vai trazer 5G antes do leilão da Anatel, diz Rodrigo Abreu, da Oi

Executivo adverte, porém, que é necessária uma massificação de verdade na infraestrutura ótica no País. Para Abreu, o leilão tem de acontecer em 2021. “O Brasil não pode atrasar mais”, pontuou.

STF decide que Lei estadual que proíbe fidelização é constitucional

Para a Ministra relatora Rosa Weber, a lei do Rio de Janeiro apenas veda a fidelização, sem interferir no regime de exploração ou na estrutura remuneratória da prestação dos serviços. O objetivo, segundo ela, é apenas a proteção dos usuários.

Faixa de 1,5 GHz também pode ser destinada ao 5G para uso privado

Proposta foi apresentada em reunião do Conselho Diretor da Anatel.  Mas a faixa é usada pela Força Aérea Brasileira para aplicações de telemetria. Agência sugere destinar 30 MHz para satélites, como forma de evitar interferência.

Revista do 63º Painel Telebrasil 2019
Veja a revista do 63º Painel Telebrasil 2019 Transformação digital para o novo Brasil. Atualizar o marco regulatório das telecomunicações é urgente para construir um País moderno, próspero e competitivo.
Clique aqui para ver outras edições



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G