SEGURANÇA

Governo de SP cria 'Dronepol' e usa drones para vigilância

Convergência Digital* ... 12/04/2019 ... Convergência Digital

O governador de São Paulo, João Doria, anunciou nesta sexta-feira, 12/04, a implantação de um programa de vigilância da Polícia Militar por meio de drones, o Dronepol. O governo paulista vai comprar 208 drones para o programa, em um investimento estimado em mais de 6,3 milhões de reais. As aquisições devem ocorrer por meio de licitações ainda neste semestre e a entrega dos equipamentos deve acontecer até outubro.

“O custo operacional para drone é 140 vezes menor do que o custo operacional de um helicóptero da Polícia Militar...E a funcionalidade e eficiência chega a ser superior, dado ao fato de que o drone pode fazer voos em baixa altitude”, disse Doria em comunicado à imprensa.

Os drones serão integrados ao sistema “Olho de Águia” da Polícia Militar, um programa de monitoração em tempo real que envia as imagens captadas para o Centro de Operações da PM, informou o governo do Estado.

Antes da utilização, os drones deverão ser homologados pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e pelo Departamento de Controle de Espaço Aéreo (DCEA), além de estarem de acordo com normas da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Os policiais que utilizarão os drones deverão passar por cursos específicos.

*Com agências de notícias


Administradora de shopping centers revela ataque cibernético

Ao mercado a Aliansce Sonae informou que a invasão aconteceu em maio e a companhia admite que, algumas informações possam ter sido acessadas, mas que elas não eram estratégicas.

PF caça quadrilha que teria vazado dados do presidente Bolsonaro e de mais de 200 mil servidores

Ação policial acontece nos Estados do Rio Grande do  Sul e Ceará. Organização teria invadido sistemas de universidades, prefeituras e câmaras de veradores.

Para Idec, ação comprova que Metrô de SP não garante segurança de reconhecimento facial

Segundo entidade, que move processo contra o Metrô, empresa falhou em não realizar estudo para implantar a tecnologia. 

Bancos querem prisão por até 18 anos para cibercriminosos

Instituições financeiras pedem a aprovação urgente do PL 2638, apresentado na Câmara, pelo deputado Marcelo Ramos, PR/AM, que impõe punição rigorosa às fraudes cibernéticas. "A impunidade é um incentivo", diz Adriano Volpini, do Itaú-Unibanco.



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G