Home - Convergência Digital

Oi tem novo diretor de vendas do corporativo para regionais

Convergência Digital - Carreira
Da redação - 03/04/2019

Ideval Munhoz é o novo diretor de vendas do corporativo para regionais da Oi. O executivo tem como meta aumentar a receita nos mercados regionais de grandes empresas e do setor público com foco na oferta de soluções digitais. Ele se reportará à Adriana Coutinho Viali, diretora do Segmento Corporativo da Oi.

Munhoz é engenheiro eletrônico formado pela FEI e administrador pela FGV. Fez pós-graduação em Marketing pela Universidade de São Paulo e com top leadership pela IMD Business School. O executivo trabalha há mais de 20 ano no mercado de TICs com foco em vendas estratégicas para oferecer a transformação digital às empresas.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

04/06/2019
Oi se esquiva sobre 5G, mas acelera refarming por 4G e 4,5G

04/06/2019
Oi avança com fibra óptica e abre frente contra ISPs

04/06/2019
Em renúncia, conselheiro da Oi critica estratégia e pede novo aporte de credores

14/05/2019
Oi espera arrecadar até R$ 7 bilhões com venda de ‘ativos não estratégicos’

10/05/2019
Oi reforça estratégia para fidelizar pré-pago

08/05/2019
Anatel mantém pente fino na recuperação judicial da Oi

30/04/2019
Oi investe em IoT, conectividade e telepresença para o agronegócio

30/04/2019
Volume de dados gerados na rede da Oi para o Rio2C foi de 9,7Terabytes

17/04/2019
Oi faz piloto de internet das coisas rural em 450 MHz

11/04/2019
PE conectado: Oi diz que recorre dentro dos fóruns técnicos e não por especulações

Veja mais artigos
Veja mais artigos

O futuro do trabalho colocado à prova

Por Luiz Camargo*

Novas profissões exigem também novas habilidades para acompanhar a revolução digital. Os novos empregos certamente irão demandar habilidades analíticas, matemáticas e digitais, com um toque de neurociência.

Destaques
Destaques

Falta de mão de obra qualificada espanta investidores no Brasil

Mais de 50% dos jovens brasileiros podem ficar fora do mercado de trabalho por falta de qualificação e de habilidades digitais. A advertência foi feita por especialistas que debateram sobre educação e capacitação digital no Painel Telebrasil 2019.

Assespro é contra a regulamentação da profissão de TICs

Entidade das empresas de TI se posiciona contrária ao PLS 317/17. que passa a exigir diploma de profissões como Analista de Sistemas, desenvolvedor, engenheiro de sistemas, analistas de redes, administrador de banco de ados, suporte e profissões correlatas.

Mais de meio milhão de brasileiros trabalham com TICs

Raio-X do mercado de trabalho nos últimos 10 anos, feito pela Softex, mostra que o salário médio de R$ 6 mil.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site