INCLUSÃO DIGITAL

Embratel instala 15 mil novos hotspots gratuitos de Wi-Fi em Pernambuco

Ana Paula Lobo* ... 21/03/2019 ... Convergência Digital

A Embratel anunciou nesta quinta-feira, 21/03, que vai instalar cerca de 15 mil novos pontos de acesso gratuito à Internet. A expansão da rede será feita em conformidade com o Projeto Pernambuco Conectado (PE Conectado II), no qual, em quatro anos, a operadora se comprometeu a entregar  4.000 chips com tecnologia 4G para rede privada de telefonia móvel (LTE Privado) e 25.000 linhas de telefonia móvel. O investimento projetado é de R$ 180 milhões.

O PE Conectado é um projeto que visa o desenvolvimento de uma nova rede corporativa no Governo de Pernambuco para integrar serviços para atendimento a órgãos e entidades do Estado “Levaremos ainda mais conectividade para moradores e visitantes de Pernambuco”, afirma Maria Teresa Lima, Diretora Executiva para Governo da Embratel. Segundo a executiva, 12.500 pontos de Wi-Fi serão instalados em diversos órgãos do Governo e cerca de 3.000 serão direcionados para uso específico da população, em praças e locais públicos.

A Embratel disponibiliza o acesso gratuito à Internet por meio da rede #NET-CLARO-WIFI, disponível para todos os dispositivos móveis. Para se conectar, é preciso apenas digitar o login e senha utilizados no site da NET. Clientes Claro Móvel pós-pago podem criar cadastro para conexão. O acesso também é oferecido à população de forma gratuita. Para tanto, basta que os interessados assistam um rápido vídeo publicitário antes de navegar na Internet.

Pernambuco é um importante centro na estratégia de expansão em Wi-Fi da Embratel, Claro e NET. A cidade de Recife, por exemplo, já conta com milhares de pontos. Entre os locais que já possuem Wi-Fi gratuito está o Aeroporto Internacional do Recife, local que registou uma movimentação de mais de 8 milhões de passageiros em 2018.


Mais da metade das mulheres no mundo está sem acesso à Internet

União Internacional de Telecomunicações adverte que o sexo feminino é o mais afetado pela desigualdade no acesso à banda larga, em especial, nos países em desenvolvimento.

Huawei: nação digital é o último estágio da transformação digital

Conceito ainda é muito novo, mas engloba o uso e a análise dos dados para retroalimentar produtos e processos, conta o diretor de Comunicação e Relações com o Governo da Huawei Brasil, Juelinton Silveira.

Audima cria ferramenta para levar conteúdo aos analfabetos digitais

A partir da própria dor, uma vez que tem dislexia, Paula Pedrosa criou a Audima, uma startup que transforma palavras em áudios. "O império da visão exclui muita gente. Nosso desafio, hoje, é mostrar que inclusão monetiza", observa a executiva.

Domicílios com Internet chegam a 67% no Brasil, mas desigualdade permanece

TIC Domicílios 2018, do CGI.br, revela que as classes D e E elegeram o smartphone como o meio preferencial de acesso.

Nas favelas, há jovens ávidos para aprender e trabalhar com TICs

O projeto Vai na Web já formou 200 jovens em linguagem de programação, mas, agora,busca recursos para ensinar as profissões do futuro como Inteligência artificial e internet das coisas.

Anatel aprova consulta para aumentar potência do Wi-Fi

Além de permitir o uso de equipamentos WiFi na faixa de 60 Ghz, para o WiGig, que promete conexões de até 7 Gbps, agência prevê aumentar a potência atual dos aparelhos na faixa de 5 GHz.  



  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G