NEGÓCIOS

Meios de pagamento: empresa dos EUA compra brasileira Software Express

Da redação ... 12/03/2019 ... Convergência Digital

A companhia norte-americana de meios de pagamento First Data anunciou nesta terça-feira, 12/03, a compra da paulista Software Express, especializada em soluções de transferência eletrônica de fundos no Brasil.

A Software Express fornece serviços para mais de 100 mil comerciantes no país e a aquisição “alavancará a presença atual das duas companhias em diferentes frentes, posicionando-as como líderes no negócio de captura de transações eletrônicas de pagamento para o mercado brasileiro”.

Entre os clientes dos dois grupos estão varejistas de diferentes portes, arranjos de pagamento, instituições financeiras e empresas de telefonia. O valor da compra da Software Express, fundada em 1986, não foi informado.

Segundo o vice-presidente executivo da First Data na América Latina, Gustavo Marin, em 2019 as duas empresas esperam processar mais de 15 bilhões de transações no Brasil. Em 2018, a Software Express “garantiu o processamento de mais de 11 bilhões de transações”, segundo a First Data.

* Fonte: Agência Reuters


Assespro promove o Censo do setor de TI edição 2019

Entidade conta com a colaboração das empresas do segmento para formular estratégias de desenvolvimento de novos negócios.

Brasil vai investir R$ 37,2 bilhões em TICs em 2020

Incertezas políticas e o baixo crescimento econômico não estão freando os aportes em TICs na América Latina e no Brasil, assegura a consultoria IDC. Maior parte dos aportes será feito em cloud, analytics, mobilidade e empreendimento social.

IBM: "Estamos sempre olhando para ativos no Brasil e no mundo"

"Qualquer aquisição passa pela autorização da matriz. Mas empresas interessantes são sempre analisadas", afirmou o presidente da IBM Brasil, Tonny Martins, ao ser indagado sobre a privatização das estatais de TI, Serpro e Dataprev, anunciada pelo Governo Bolsonaro.

TJ/SP autoriza Banco do Brasil a fechar contas-corrente da Mercado Bitcoin

Tribunal entendeu que não houve abuso de direito, nem indícios de violação à legislação concorrencial ou mesmo de ofensa à boa-fé por parte da instituição financeira com a corretora de criptomoedas.


3º Seminário Brasscom de Políticas Públicas & Negócios 2018 - Cobertura Especial Convergência Digital
Brasscom lança manifesto para construir um Brasil Digital e Conectado

Entidade quer a colaboração da sociedade e de entidades de TI ou não para entregar um documento aos presidenciáveis. "Tecnologia precisa ser prioridade nacional", diz o presidente-executivo da Brasscom, Sergio Paulo Gallindo.


Veja a cobertura da 3º Seminário Brasscom de Políticas Públicas & Negócios 2018

  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G