INOVAÇÃO

Oi seleciona startups para programa de aceleração do Oito

Convergência Digital* ... 29/11/2018 ... Convergência Digital

A Oi vai selecionar novas startups para participar do programa de aceleração do Oito, seu hub de empreendedorismo e inovação, localizado em Ipanema, no Rio de Janeiro. O segundo ciclo do programa foi anunciado nesta quinta-feira, durante a Conferência Anual de Startups e Empreendedorismo (Case), que acontece até amanhã em São Paulo e tem patrocínio do Oito.

Os empreendedores deverão apresentar propostas para solucionar desafios que serão apresentados pela Oi em quatro vertentes: operacionais, de negócios, financeiros ou open telecom, categoria destinada para soluções que possam atacar problemas ou explorar oportunidades relacionadas ao setor de telecomunicações. As inscrições serão abertas em dezembro. Interessados em participar podem fazer a pré-inscrição no site do Oito (www.oito.net.br).

“Neste novo ciclo, estamos em busca de startups mais maduras, prontas para serem aceleradas ou próximas a esse estágio, e capazes de apresentar soluções relevantes para o negócio e nossos clientes. Um ano depois da inauguração do Oito, reforçamos a convicção de que o nosso diferencial está na capacidade da Oi de validar e dar escala às soluções desenvolvidas e disponibilizar canais que contribuam para um crescimento relevante para as startups”, afirma Pedro Abreu, diretor do Oito.

O programa de aceleração terá duração de nove meses, com início no primeiro semestre de 2019. As startups selecionadas terão até três posições de trabalho na área de coworking do Oito, acesso facilitado à Oi e sua rede de parceiros, benefícios oferecidos pela rede de parceiros do Oito, além de apoio nas áreas gerencial, jurídica, financeira e de comunicação. Em contrapartida, a Oi poderá ter uma participação no capital da startup, vinculada ao sucesso do processo de aceleração.

Entre os parceiros do Oito que oferecem produtos e serviços para as startups estão Nokia, IBM, Oracle, Amazon Web Services, CPqD, Instituto Nacional de Telecomunicações (Inatel), Senai, escritório Montaury Pimenta e Machado & Vieira Mello. O Oito também conta com a parceria do Oi Futuro, instituto de inovação e criatividade da Oi.

O regulamento da próxima seleção será divulgado no site do Oito na abertura das inscrições e apresentará desafios para os seguintes temas:

Operacionais: UX Atendimento (AI), Gestão de Home Devices, EAD + Gamificação e Plataforma de Relacionamento

Negócios: Video Analytics, Multicloud, Marketing Digital + Gestão de Campanhas, Market Place, IoT (low cost + SaaS), UX Loja (VR e AR)

Financeiros: Meio de Pagamento, Cobrança Alternativa, Arrecadação Alternativa

Open Telecom: soluções que possam atacar problemas e/ou explorar oportunidades de negócio que tenham relação com o setor de telecomunicações

Hoje, sete startups fazem parte do primeiro ciclo de aceleração do Oito: Energy2go (https://www.energy2go.com.br/), Everywhere Analytics (http://www.everywherebi.com.br/), Genesis Training (http://genesistraining.com.br/), Holmes, Nearbee (http://www.nearbee.com.br/), Top2You (http://top2you.net/) e Gamer Trials (https://www.gamertrials.com/). O programa é desenvolvido em parceria com o Instituto Gênesis, instituto de empreendedorismo da PUC-Rio, que faz a coordenação técnica do projeto com a consultoria do empreendedor carioca Rafael Duton.



Cloud Computing
Next, do Bradesco, endossa multicloud na jornada digital

Banco digital leva aplicações consideradas não estratégicas - como o uso da localização para identificar o endereço do cliente - para a nuvem pública, mas mantém uma cloud privada para as informações mais sensíveis.

TICs em Foco - TRANSFORMAÇÃO DIGITAL
Prever. Prevenir. Detectar e Responder

Essas são a exigência da remodelagem da gestão de riscos e da segurança organizacional nas corporações.

Google cria desafio e tem US$ 25 milhões para investir em Inteligência Artificial

Programa está com inscrições abertas até o dia 22 de janeiro. Soluções selecionadas serão voltadas para áreas como ciência ambiental, saúde e conservação de espécies.

Economia da cultura deve ser prioridade para o Brasil

O Brasil é muito bom em produzir cultura e não pode menosprezar o valor global de investir em cultura, advertiu o advogado Claudio Lins de Vasconcellos, do Lins Vasconcelos Advogados.

"Nem no século 25 um robô vai tirar o lugar do homem na produção da cultura"

Cultura dá dinheiro e poder ao Brasil, reforçou o advogado Claudio Lins de Vasconcellos, do Lins Vasconcelos Advogados. "Digo sempre que somos Embrapa, Embraer e Cultura. O resto é commodity e commodity não nos levará a lugar nenhum nos próximos 200 anos".

Inteligência Artificial: abrir a caixa preta dos algoritmos é necessário

Para o professor da FGV/RJ Luca Belli, a Inteligência Artificial poderia seguir preceitos éticos com base na conduta e comportamento, da mesma forma como humanos.

CNJ cria laboratório de inteligência artificial para processo eletrônico

Segundo o presidente da Comissão Permanente de Tecnologia da Informação e Infraestrutura do CNJ, Márcio Schiefler, as informações dos bancos de dados dos tribunais são valiosas. “Informação é poder”.



  • Copyright © 2005-2018 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G