Home - Convergência Digital

5G vai se disseminar rápido e atingir 40% do planeta até 2024

Convergência Digital - Carreira
Luís Osvaldo Grossmann - 27/11/2018

O 5G deve atingir mais de 40% da população mundial e reunir 1,5 bilhão de assinantes até o fim de 2024, tornando-se a tecnologia que mais rápido será disseminada em escala global, prevê a fabricante de equipamentos Ericsson em seu novo relatório sobre telefonia móvel.

Para a empresa sueca, a chave para a nova onda tecnológica e a rapidez de sua disponibilização em vários países está ligada à ampliação da capacidade das redes de telecomunicações, menores custos por gigabyte e a possibilidade de viabilizar novos tipos de uso.

Por essas previsões, a América do Norte e o Nordeste da Ásia vão liderar a adoção do 5G. Segundo a Ericsson, na América do Norte a nova tecnologia deverá concentrar 55% dos assinantes móveis até o fim de 2024. Enquanto no Nordeste da Ásia serão mais de 43%, puxados pela Coreia do Sul, Japão e China. Na Europa Ocidental, essa estimativa é de cerca de 30% dos assinantes da telefonia móvel estejam usando 5G no fim de 2024.

O relatório não faz projeções para a América Latina – nem África, nem sudeste asiático ou os países árabes, ou qualquer das porções menos prósperas do planeta. Menciona, porém, que Brasil, Argentina, Chile, Colômbia e México já estão planejando implementações de 5G a partir de 2020 e que a primeira faixa de frequência para a nova tecnologia será 3,5 GHz.

Ainda segundo a Ericsson, o tráfego móvel cresceu cerca de 79% nos doze meses encerrados em agosto de 2018, puxado especialmente pela China. De maneira geral, o principal componente do crescimento global é o tráfego de vídeo, que a fabricante sueca acredita crescerá a taxas anuais de 35% até 2024, representando então 74% de todo o tráfego móvel.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

12/12/2018
Indústria móvel pressiona por faixas de 26GHz, 40 GHz e 66-71 GHz para o 5G

11/12/2018
Preocupação com parabólicas não pode excluir Brasil do 5G

09/12/2018
"O mundo precisa comprar a ideia do 5G nas áreas remotas"

09/12/2018
Japão terá aplicações reais de 5G nas Olimpíadas de 2020

09/12/2018
5G tem vários desafios a serem enfrentados pelo Brasil

07/12/2018
Indústria de TICs brasileira sinaliza apoio à Huawei

06/12/2018
Brasil tem que avançar muito mais em fibra óptica para ter o 5G

04/12/2018
Teles vão investir US$ 47 bilhões até 2020 para atualizar infraestrutura na AL

03/12/2018
Brasil segue tímido nas ações de fomento à Internet das Coisas

03/12/2018
Se o 4G é engessado, o 5G se define pela flexibilidade

Destaques
Destaques

5G exige pelo menos 100 MHz para cada operadora no Brasil

O tema preocupa a coordenação de espectro do 5G Brasil, uma vez que foram destinados 300 MHz na faixa intermediária e há quatro operadoras nacionais.

Segurança cibernética é crítica para o avanço do 5G

O tema é considerado polêmico - até em função das questões políticas que o envolvem como a briga China x EUA -, mas precisa ser debatido, observa Gustavo Correa Lima, engenheiro do CPqD.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Desvende 10 mitos sobre os cartões biométricos

Por Cassio Batoni*

Como toda nova tecnologia, os questionamentos sobre a sua segurança e e a sua confiabilidade ainda existem e são compreensíveis, mas ela veio para ficar. A impressão digital surge como a confirmação principal de que o usuário é quem diz ser.


Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site