Home - Convergência Digital

Economia digital exige o fim do conflito Academia x Empresas

Convergência Digital - Carreira
Ana Paula Lobo e Rafael Mariano - 13/11/2018

Falta confiança entre as universidades e as empresas e isso gera uma lacuna na formação de engenheiros no Brasil, admite o professor Moacyr Martucci Jr, da USP Poli. Segundo ele, a pesquisa aplicada não está chegando à Inovação porque falta interesse de ambos lados e a conta sobra para a formação dos engenheiros, que não atende o desafio tecnológico da era digital. Martucci Jr. participou nesta terça-feira, 13/11, do XI Seminário TelComp 2018.

"Dentro da universidade precisamos de dois vetores: professores, porque são eles que vão formar os engenheiros e precisam,ser também formados. E também que a indústria entenda que precisa ter pesquisa aplicada para fomentar à inovação. E para ter pesquisa aplicada ambos os lados precisam aprender a aprender", pontua o professor da USP Poli.

À CDTV do portal Convergência Digital, Moacyr Martucci Jr., a sociedade está mudando com a era digital e há um novo olhar sobre a Tecnologia. "Agora, a Tecnologia está sendo vista para melhorar a vida da sociedade. E, hoje, temos que entender que preparar um engenheiro não é apenas dar um diploma. Esse profissional precisa olhar o mercado hoje e estar atento ao futuro. E não é simples essa equação com Academia e empresas tão desconfiadas uma da outra". Assistam a entrevista.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

13/06/2019
Banco Itaú monta estratégia para reter os melhores profissionais

10/06/2019
Plataforma gratuita CODE-IoT da Samsung qualifica mais de 50 mil pessoas no Brasil

17/04/2019
BRQ: Desafio imediato do Brasil é escalar 1 milhão de novos trabalhadores para TICs

15/04/2019
Sem profissionais qualificados, Brasil pode esquecer a transformação digital

12/04/2019
O profissional do futuro de TI é alguém que ninguém conhece

01/04/2019
Inteligência emocional faz a diferença na escolha do profissional de TIC

01/04/2019
Brasil leva seis alunos de TICs para a semifinal mundial do Huawei ICT Competicion

07/03/2019
5G vai gerar 15 milhões de novos empregos até 2025

12/12/2018
"Nem no século 25 um robô vai tirar o lugar do homem na produção da cultura"

22/11/2018
Interior quer e não tem 'telecom na veia'

Veja mais artigos
Veja mais artigos

O futuro do trabalho colocado à prova

Por Luiz Camargo*

Novas profissões exigem também novas habilidades para acompanhar a revolução digital. Os novos empregos certamente irão demandar habilidades analíticas, matemáticas e digitais, com um toque de neurociência.

Destaques
Destaques

Falta de mão de obra qualificada espanta investidores no Brasil

Mais de 50% dos jovens brasileiros podem ficar fora do mercado de trabalho por falta de qualificação e de habilidades digitais. A advertência foi feita por especialistas que debateram sobre educação e capacitação digital no Painel Telebrasil 2019.

Assespro é contra a regulamentação da profissão de TICs

Entidade das empresas de TI se posiciona contrária ao PLS 317/17. que passa a exigir diploma de profissões como Analista de Sistemas, desenvolvedor, engenheiro de sistemas, analistas de redes, administrador de banco de ados, suporte e profissões correlatas.

Mais de meio milhão de brasileiros trabalham com TICs

Raio-X do mercado de trabalho nos últimos 10 anos, feito pela Softex, mostra que o salário médio de R$ 6 mil.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site