Home - Convergência Digital

Celulares serão os campeões de venda na Black Friday

Convergência Digital - 24/10/2018

Dia de promoções do comércio americano que virou moda também no Brasil, a chamada Black Friday  - que no Brasil este ano acontecerá no dia 23 de novembro - deve impulsionar a venda de aparelhos celulares. Segundo pesquisa do Ibope, encomendada pelo Mercado Livre, os smartphones são de longe o item mais desejado por quem indica usar a data para procurar bons negócios na internet, apontado por 31% dos entrevistados.

É um percentual bem acima dos dois itens seguintes, eletrodomésticos (11%) e televisores (6%). Das mil pessoas entrevistadas em todo o país entre 19 e 25 de setembro, 79% indicaram que pretendem aproveitar as ofertas para fazer compras, especialmente pela internet (51%). Foram ouvidos participantes de ambos os sexos, maiores de 16 anos e pertencentes às classes A, B e C.

Segundo a pesquisa, o fator determinante para que as lojas online sejam as eleitas para as compras é um melhor preço ou maior desconto, fatores mencionados por 54% dos entrevistados. Além disso, frete grátis (30%), possibilidade de parcelamento (8%) e variedade de produtos (7%) foram os demais fatores citados.

Também segundo o Ibope, 47% dos entrevistados pretendem gastar acima de R$ 500, enquanto 13% apontaram valores de R$ 350 a R$ 500, 10% entre R$ 250 e 350, 9% de R$ 100 a R$ 250 e 5% até R$ 100. E pelo menos 42% declararam que vão utilizar o décimo terceiro salário para essas compras.  Por outro lado, entre os 21% que indicaram não ter intenção de comprar na Black Friday, a maior parte (51%) alegou falta de dinheiro, mas uma grande proporção 47% apontaram desinteresse na data.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

26/06/2020
Mastercard calcula alta de 75% nas vendas pela internet em maio

12/06/2020
Em maio, compras online cresceram 126%, para R$ 9,4 bilhões

01/06/2020
Vendas online têm primeiro recuo desde início do isolamento

11/05/2020
Dia das Mães com isolamento social faz vendas pela internet saltarem 123%

07/05/2020
Compras pela internet serão novo normal pós Covid-19

29/04/2020
Compras por aplicativos crescem 30% com isolamento social

28/04/2020
OTTs de mensagens são principal canal de vendas nas PMEs

27/04/2020
Dona das Casas Bahia, Pontofrio.com e Extra.com compra startup de logística

22/04/2020
Facebook vai usar WhatsApp para pagamentos em pequenos varejistas

17/04/2020
Coronavírus empurrou brasileiros para as primeiras compras online

Destaques
Destaques

Tempo é um luxo que o Brasil não tem para fazer o 5G

Pesquisa da Omdia, ex-Ovum, em parceria com a Nokia, mostra que, nos próximos 15 anos, o 5G vai gerar R$ 5,5 trilhões para o País, sendo o governo beneficiado com o adicional de quase R$ 1 bilhão em receita com os serviços 5G.

Covid-19 fez smartphone virar agência bancária com 41% das transações financeiras

As transações bancárias feitas por pessoas físicas pelos canais digitais foram responsáveis por 74% do total de operações analisadas em abril, revela a Febraban.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Uma escolha de Sofia no leilão de 5G

Por Juarez Quadros do Nascimento*

Em um país democrático, como o Brasil, sem análise estratégica, não daria para arriscar em dispor, comercial e tecnologicamente, de “uma cortina de ferro ou uma grande muralha” para restringir fornecedores no mercado de telecomunicações.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site