TELECOM

Cobrança e qualidade concentram maioria das queixas à Anatel em agosto

Convergência Digital ... 03/10/2018 ... Convergência Digital

Em agosto de 2018, a Anatel recebeu 250,6 mil reclamações de usuários contra as prestadoras de banda larga fixa, telefonia fixa e móvel e TV por assinatura, ou 3% (7,4 mil) acima das queixas de julho. Cobrança e qualidade continuam sendo os temas que mais levam os usuários dos serviços a procurar a agência reguladora.

Com 234 milhões de linhas ativas no país, a telefonia móvel é o serviço com maior número de reclamações. Foram 118,2 mil no mês de agosto, 84,1 mil apresentadas por clientes com planos pós-pagos, especialmente relacionadas a cobrança (47,2%), ofertas e promoções (10%) e qualidade e funcionamento (9,7%).

Das 34,1 mil reclamações de usuários com planos pré-pagos, a maior parte tratou de créditos pré-pagos (39%), seguidas de ofertas e promoções (19,4%) e de qualidade e funcionamento (13,6%). Em relação ao serviço de telefonia fixa, foram 57,2 mil reclamações causadas principalmente por problemas na cobrança (42%), na qualidade e no funcionamento (17,9%) e no cancelamento do serviço (10,1%).

A banda larga fixa, com cerca de 30 milhões de acessos, foi alvo de 43,2 mil reclamações. Qualidade e funcionamento (41,8%), cobrança (26,2%) e  cancelamento do serviço (7,7%) foram os temas que mais levaram clientes a procurar a agência. Já na TV por assinatura, serviço que conta com 17 milhões de acessos, as 32,1 mil reclamações foram motivadas por questões de cobrança (50,6%), de ofertas e promoções (9,6%) e de cancelamento (9,0%).

Apesar do aumento na passagem de julho para agosto, a Anatel indica que houve queda de 18,8% no volume de queixas quando comparadas com o total de agosto de 2017 (foram menos 58 mil registros). Nessa comparação, a Net na banda larga fixa foi a única a registrar aumento de reclamações (+6,1%), enquanto a Oi teve redução de 34,4% e a Vivo de 20,1%.

No geral, ainda na comparação com agosto de 2017, todos os serviços apontaram redução nas queixas: -24,2% na TV paga, -21,7% na telefonia fixa, -18,8% na telefonia móvel e -9,7% na banda larga fixa.


Internet Móvel 3G 4G
5G vai responder por 4,8% do tráfego móvel em 2022

Estudo mostra que nos próximos cinco anos, a banda larga móvel cresceu 3,4 vezes mais rapidamente que a banda larga fixa. O 2G caminha pra a extinção e o 4G será a principal tecnologia no mercado.

Painel Telebrasil 2019
A 63ª edição do principal encontro institucional de lideranças do setor de telecomunicações e TICs acontecerá entre os dias 21 e 23 de maio de 2019, em Brasília. Saiba mais em paineltelebrasil.org.br
Veja o vídeo

Embratel usa Banda KA para expandir banda larga fixa e IoT

Diretor Executivo da Embratel Star One, Gustavo Silbert, explica que o serviço IPSAT terá um ponto concentrador dos dispositivos de IoT para levar comunicação às áreas remotas.

Teles vão ao STF contra lei que obriga atendimento em 15 minutos

Nova ação direta de inconstitucionalidade argumenta competência federal sobre telecom para questionar a lei aprovada em São Paulo que dispõe sobre o tempo de espera nas lojas das operadoras.

EUA vai banir Huawei e sugere cortar parcerias com quem não imitar

Em visita ao leste europeu, o secretário de Estado americano, Mike Pompeo, diz que o uso de equipamentos de telecomunicações chineses “dificultam parcerias”.

Teles questionam no STF leis sobre cobrança e desbloqueio de celular

Em duas ADIs, empresas reclamam que leis do Rio de Janeiro invadiram a competência federal para tratar de telecomunicações.




  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G