INTERNET

Sem autoridade de proteção de dados, Brasil fica no pior dos mundos

Ana Paula Lobo e Pedro Costa ... 25/09/2018 ... Convergência Digital

Quarenta dias depois de sancionada a Lei Geral de Proteção de Dados brasileira, a promessa de que seria adotada uma alternativa para a recriação da vetada autoridade nacional de dados ainda não foi cumprida. E como aponta o professor de Economia e Relações Internacionais da USP, Ricardo Abramovay, essa lacuna deixa o Brasil, seus internautas e suas empresas, “no pior dos mundos”.

“Se não aprovarmos a autoridade nacional vamos ficar no pior dos mundos. Vamos ter um dispositivo jurídico aprovado pelo Congresso, mas como não vai ter uma autoridade de aplicação, a regulamentação desse dispositivo jurídico corre o risco de criar uma situação ambígua e até caótica para as empresas, confusa para os cidadãos e com grande risco de arbitrariedade por parte do Estado. Essa autoridade é absolutamente indispensável”, afirmou o professor em entrevista à CDTV, do Portal Convergência Digital, durante o Rio Info 2018, que acontece esta semana no Rio de Janeiro.

Segundo Abramovay, a principal missão inicial dessa nova agência seria criar um ambiente cultural por uma internet a favor da cidadania, mais do que alguns interesses econômicos. E a demora em recompor o veto à autoridade prejudica o próprio entendimento da sociedade sobre o tema. “Havia uma promessa de que ela seria criada por Medida Provisória, mas com o processo eleitoral corremos o risco de que ela não seja criada. E são meses que vão passando sem que essa autoridade mostre para a sociedade o que vai acontecer com a aplicação da lei. Aprovou-se a lei, mas os agentes econômicos e os membros da sociedade não sabem o que isso significa.

</p


Revista Abranet 30 . fev-mar-abr 2020
Veja a Revista Abranet nº 30 A matéria de capa enfatiza a relevância do engajamento ao mostrar que uma internet mais segura depende da ação conjunta de todos os atores do ecossistema. Tratamos também do leilão das frequências do 5G. Veja a revista.
Clique aqui para ver outras edições

Sem nova lei, Justiça condena deputado a indenizar em R$ 50 mil por fake news

Por vídeo com acusações falsas a ex-presidente do PT em Ubatuba (SP), de 2018, Alexandre Frota (PSDB-SP) terá também que se retratar em suas redes sociais. 

Mastercard calcula alta de 75% nas vendas pela internet em maio

Média desde março é de crescimento de 48% – mais que o triplo do trimestre anterior, quando foi 14%. 

CGI.br renova quadro de conselheiros pelos próximos três anos

Processo eleitoral seleciona os 11 representantes das empresas, terceiro setor e academia. Outras 9 vagas são do governo e uma de notório saber. 

MP estuda como combater fake news em redes sociais durante campanhas

No Rio de Janeiro, 200 promotores eleitorais realizaram workshop para atuação judicial e extrajudicial contra desinformação na internet. 

Silvio Meira: Fake News não vai acabar tão cedo no Brasil e no mundo

Ao participar do Convergência Digital em Pauta, o cientista, professor e empreendedor, Silvio Meira, foi taxativo:  a fake news combina ilusão com analfabetismo digital e só vai desaparecer quando o mundo for propriedade dos 100% digitais.



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G