INCLUSÃO DIGITAL

Mais da metade das crianças e adolescentes buscam notícias na internet

Luís Osvaldo Grossmann ... 18/09/2018 ... Convergência Digital

O uso da internet como fonte de notícias já é prática comum para mais da metade das crianças e adolescentes conectadas no Brasil. Segundo mostra a mais recente TIC Kids Online, do Cetic.br, o braço de pesquisas do NIC.br, 51% dos brasileiros entre 9 e 17 anos se valem da rede para se informar. Em 2013, eram 34%.

A nova pesquisa, que entrevistou 3,1 mil crianças e adolescentes, e igual número de pais ou responsáveis, mostrou que entre esse público de 9 a 17 anos o uso da internet é mais presente do que entre a população em geral. Também aponta que os mais jovens costumam se valer da rede para conversar com pessoas de outras cidades, países ou culturas (40%) ou para participar de grupos de interesse (36%).

Entre esse público, 28% buscam informações sobre saúde e 22% sobre o que acontece na sua comunidade. Além disso, 12% das crianças e adolescentes conectados conversam na internet sobre política ou problemas da cidade ou país, e 4% participam de campanhas ou protestos na rede.

No mais, as práticas comuns são conhecidas, com predominância de atividades ligadas à comunicação e ao entretenimento, entre elas: enviar mensagens instantâneas (79%), assistir a vídeos on-line (77%), ouvir música (75%) e usar redes sociais (73%). Outra atividade comum é realizar pesquisas, seja para trabalhos escolares (76%), ou por curiosidade e vontade própria (64%).


Carreira
Reajuste salarial de trabalhadores de TI de São Paulo ficou em 2,07%

Depois de quase um ano de divergência, patrões e empregados de TI de São Paulo fecharam um acordo de dissídio coletivo no Tribunal Regional do Trabalho. Jornada de 40 horas foi mantida na Convenção Coletiva de Trabalho 2018.

TICs em Foco - TRANSFORMAÇÃO DIGITAL
Prever. Prevenir. Detectar e Responder

Essas são a exigência da remodelagem da gestão de riscos e da segurança organizacional nas corporações.

Parceira da Telebras amplia WiFi via satélite no México para áreas urbanas

Dois anos depois de começar a explorar banda larga satelital em áreas remotas do país, como promete fazer no Brasil, a empresa americana Viasat anuncia conexões de 100 Mbps e preços para competir com internet fixa.

CPFL: É preciso predisposição para se ter um consenso no uso dos postes

"Não é fácil, mas é preciso existir um alinhamento. Estão todos do mesmo lado", diz o diretor da CPFL, André Luiz Gomes.

Swap de fibras é mandatório para levar banda larga em regiões desassistidas

Compartilhamento de infraestrutura é essencial para reduzir custos e definir modelos de negócios nas cidades onde as teles não investiram, observa o CEO da UmTelecom, Rui Gomes.

Brasil precisa quebrar barreiras para ter um governo único digital

"O cidadão é o mesmo no município, no Estado e no governo federal. Tem de existir um atendimento único. Não pode ter briga com as Prods. Esse é o nosso desafio", afirma o diretor de Operações do Serpro, Iran Porto.

Telebras considera preços defendidos pelo TCU como 'sugestão', não como 'obrigação'

Presidente da estatal, Jarbas Valente, espera concluir negociações com a Viasat antes do prazo de 90 dias determinado pelo Tribunal.

TCU libera GESAC, mas exige mudanças no contrato entre Telebras e Viasat

Tribunal de Contas reconheceu como válida a inexigibilidade de licitação pela Telebras. Também entendeu como legal o acordo firmado com a Viasat, mas exigiu uma renegociação de condições financeiras mais favoráveis.



  • Copyright © 2005-2018 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G