INCLUSÃO DIGITAL

Mais da metade das crianças e adolescentes buscam notícias na internet

Luís Osvaldo Grossmann ... 18/09/2018 ... Convergência Digital

O uso da internet como fonte de notícias já é prática comum para mais da metade das crianças e adolescentes conectadas no Brasil. Segundo mostra a mais recente TIC Kids Online, do Cetic.br, o braço de pesquisas do NIC.br, 51% dos brasileiros entre 9 e 17 anos se valem da rede para se informar. Em 2013, eram 34%.

A nova pesquisa, que entrevistou 3,1 mil crianças e adolescentes, e igual número de pais ou responsáveis, mostrou que entre esse público de 9 a 17 anos o uso da internet é mais presente do que entre a população em geral. Também aponta que os mais jovens costumam se valer da rede para conversar com pessoas de outras cidades, países ou culturas (40%) ou para participar de grupos de interesse (36%).

Entre esse público, 28% buscam informações sobre saúde e 22% sobre o que acontece na sua comunidade. Além disso, 12% das crianças e adolescentes conectados conversam na internet sobre política ou problemas da cidade ou país, e 4% participam de campanhas ou protestos na rede.

No mais, as práticas comuns são conhecidas, com predominância de atividades ligadas à comunicação e ao entretenimento, entre elas: enviar mensagens instantâneas (79%), assistir a vídeos on-line (77%), ouvir música (75%) e usar redes sociais (73%). Outra atividade comum é realizar pesquisas, seja para trabalhos escolares (76%), ou por curiosidade e vontade própria (64%).


Carreira
TST: Teletrabalho tem de respeitar os contratos de trabalho

Corte aponta, no entanto, que em situações emergenciais, como a atual crise da Covid-19, a adoção da jornada online temporária prescinde formalização, mas deve respeitar leis trabalhistas. 

Agricultura: Mais de 5 mil torres poderiam ser usadas para levar banda larga à área rural

Estudo do Ministério da Agricultura mostra que o Brasil possui 82 mil torres com antenas celulares e seria possível, no curto prazo, usar parte delas para levar conexão ao campo.

Provedores Internet superam teles e massificam banda larga fixa no País

Os PPPs encerraram 2019 com 9.881.911 de acessos, à frente da Claro com 9.578.629, da Vivo (7.024.007) e da Oi (5.255.766).

Saldo de R$ 1,2 bilhão vai para transmissores em cidades pequenas e banda larga na Amazônia

Divisão dos recursos já é considerada como questão pacificada entre  as operadoras móveis e as emissoras de TV. 

Mais da metade das mulheres no mundo está sem acesso à Internet

União Internacional de Telecomunicações adverte que o sexo feminino é o mais afetado pela desigualdade no acesso à banda larga, em especial, nos países em desenvolvimento.

Huawei: nação digital é o último estágio da transformação digital

Conceito ainda é muito novo, mas engloba o uso e a análise dos dados para retroalimentar produtos e processos, conta o diretor de Comunicação e Relações com o Governo da Huawei Brasil, Juelinton Silveira.

Audima cria ferramenta para levar conteúdo aos analfabetos digitais

A partir da própria dor, uma vez que tem dislexia, Paula Pedrosa criou a Audima, uma startup que transforma palavras em áudios. "O império da visão exclui muita gente. Nosso desafio, hoje, é mostrar que inclusão monetiza", observa a executiva.



  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G