SEGURANÇA

Justiça do Rio manda prender 45 pessoas por golpes online de R$ 30 milhões

Convergência Digital* ... 17/09/2018 ... Convergência Digital

O Ministério Público do Rio de Janeiro apresentou à Justiça pedidos de prisão contra 45 integrantes de organização criminosa com atuação nacional, pela prática de fraudes online, especialmente via ‘phishing’ por email ou SMS, em denúncia que envolve ao todo 237 acusados, espalhados por Rio, São Paulo, Paraná, Minas Gerais, Santa Catarina e Bahia.

Segundo o MPRJ, as denúncias correspondem à segunda fase da chamada operação Open Doors, deflagrada em agosto de 2017 contra ‘cabeças’, ‘aliciadores’ e ‘laranjas’ do esquema. “Nesta nova etapa, são acusados os ‘cérebros’ da organização, aqueles que têm o domínio sobre o cometimento dos crimes – os chamados ‘hackers’, além de pessoas relacionadas à lavagem de dinheiro e outras funções operacionais. A estimativa do MPRJ é de que, entre 2016 a 2017, mais de R$ 30 milhões tenham sido subtraídos pelo grupo.”

Como explica a denúncia “os agentes criminosos enviam spams  de e-mail e SMS, aleatoriamente, para milhares de pessoas físicas (...) alertando sobre a necessidade de atualização de segurança da conta, com a indicação de link de acesso. Ao clicar nesses link’s, a vítima era então direcionada a websites phishing, com programas maliciosos que capturam informações de contas e senhas, abrindo caminho para a retirada de quantias das contas, de forma fraudulenta”.

De acordo com o MPRJ, os golpistas também ligavam para as potenciais vítimas, se fazendo passar por funcionário de instituição bancária, para obter dados pessoais, tendo sucesso em fraudes que chegaram a R$ 500 mil. “No passo seguinte, o golpe tinha continuidade, conseguindo o agente criminoso ludibriar, inclusive, funcionários do setor financeiro de grandes corporações”, diz o MPRJ.

* Com informações do MPRJ



Administradora de shopping centers revela ataque cibernético

Ao mercado a Aliansce Sonae informou que a invasão aconteceu em maio e a companhia admite que, algumas informações possam ter sido acessadas, mas que elas não eram estratégicas.

PF caça quadrilha que teria vazado dados do presidente Bolsonaro e de mais de 200 mil servidores

Ação policial acontece nos Estados do Rio Grande do  Sul e Ceará. Organização teria invadido sistemas de universidades, prefeituras e câmaras de veradores.

Light confirma ataque cibernético e cobrança de resgate em bitcoin

Custo do resgate solicitado teria chegado a R$ 37 milhões e não há informação se o montante foi pago ou não. Todo o incidente aconteceu na área de TI e não houve consequência na distribuição ao consumidor.

Microsoft faz megacorreção de vulnerabilidades de segurança

Companhia lançou correções para 129 vulnerabilidades, sendo 11 consideradas como críticas, que incluem o Office, SharePoint, Visual Studio e outros.



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G