SEGURANÇA

Justiça do Rio manda prender 45 pessoas por golpes online de R$ 30 milhões

Convergência Digital* ... 17/09/2018 ... Convergência Digital

O Ministério Público do Rio de Janeiro apresentou à Justiça pedidos de prisão contra 45 integrantes de organização criminosa com atuação nacional, pela prática de fraudes online, especialmente via ‘phishing’ por email ou SMS, em denúncia que envolve ao todo 237 acusados, espalhados por Rio, São Paulo, Paraná, Minas Gerais, Santa Catarina e Bahia.

Segundo o MPRJ, as denúncias correspondem à segunda fase da chamada operação Open Doors, deflagrada em agosto de 2017 contra ‘cabeças’, ‘aliciadores’ e ‘laranjas’ do esquema. “Nesta nova etapa, são acusados os ‘cérebros’ da organização, aqueles que têm o domínio sobre o cometimento dos crimes – os chamados ‘hackers’, além de pessoas relacionadas à lavagem de dinheiro e outras funções operacionais. A estimativa do MPRJ é de que, entre 2016 a 2017, mais de R$ 30 milhões tenham sido subtraídos pelo grupo.”

Como explica a denúncia “os agentes criminosos enviam spams  de e-mail e SMS, aleatoriamente, para milhares de pessoas físicas (...) alertando sobre a necessidade de atualização de segurança da conta, com a indicação de link de acesso. Ao clicar nesses link’s, a vítima era então direcionada a websites phishing, com programas maliciosos que capturam informações de contas e senhas, abrindo caminho para a retirada de quantias das contas, de forma fraudulenta”.

De acordo com o MPRJ, os golpistas também ligavam para as potenciais vítimas, se fazendo passar por funcionário de instituição bancária, para obter dados pessoais, tendo sucesso em fraudes que chegaram a R$ 500 mil. “No passo seguinte, o golpe tinha continuidade, conseguindo o agente criminoso ludibriar, inclusive, funcionários do setor financeiro de grandes corporações”, diz o MPRJ.

* Com informações do MPRJ



NEC - Conteúdo Patrocinado - Convergência Digital
Multibiometria: saiba como ela pode cuidar da sua segurança digital

Plataforma Super Resolution, que integra espaços físicos e digitais, será apresentada pela primeira vez no Brasil no Futurecom 2018. Um dos usuários da solução é o OCBC Bank, de Cingapura. A plataforma permite o reconhecimento instantâneo das pessoas à medida que se aproximem da agência.

BT Brasil defende clientes de mais de 125 mil ataques cibernéticos/mês

De acordo com o diretor geral da operadora no Brasil, Alex Inglês, em 12 meses, a companhia ‘defendeu’ cerca de 18 mil ataques DDoS de larga escala, alguns chegando a 650 gibabits. Complexidade tributária afasta investimentos em rede no Brasil, afirma ainda o executivo.

EUA voltam a acusar China de espionagem cibernética

Agência de Segurança Nacional alega que os chineses violam acordo para restringir esse tipo de ‘ataque’ firmado em 2015.

No Brasil, 20% das PMEs quebram após ataque hackers

Levantamento feito com 285 empresas mostra que boa parte pagou resgate para ter dados recuperados após ataque hacker. O pagamento é feito, em média, de 0,3 a 0,4 do valor de um bitcoin (R$ 9,6 mil). Entre as PMEs pesquisadas, seis de cada 10 admitiram ter sido contaminadas por malware.

Brasileiro desconfia que Lei de Proteção de Dados não vai 'pegar'

Pesquisa mostra que 58% não estão confiantes de que a legislação trará os avanços necessários para a proteção dos dados. Maioria se mostrou bastante preocupada com ataques hackers e de vírus cibernéticos.



  • Copyright © 2005-2018 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G