INOVAÇÃO

Cultura promete R$ 100 milhões e política de incentivo a jogos eletrônicos

Convergência Digital* ... 10/09/2018 ... Convergência Digital

Ao participar da Game XP 2018, realizado entre 6 e 9/9 no Rio de Janeiro, o ministro da Cultura Sérgio Sá Leitão voltou a prometer uma política pública voltada à indústria de jogos eletrônicos no Brasil, com recursos previstos em R$ 100 milhões para o setor.

“Entre 2012 e 2016, o crescimento médio anual do setor de games foi de 28,7% e a estimativa é de que continue crescendo 16,5% ao ano até o ano de 2021. O mercado de games é o 13º do mundo, o maior da América Latina e deve dobrar em receita até 2021”, festejou o ministro ao participar do evento no domingo, 9/9.

Essa posição, no entanto, está distante do país como consumidor de jogos. Segundo o censo apresentado na Games XP, o Brasil é o quarto maior mercado consumidor de jogos eletrônicos no mundo, com cerca de 66,3 milhões de ‘gamers’.

O levantamento apresentado pelo Minc aponta que a área de desenvolvimento de jogos no Brasil tem apresentado crescimento nos últimos anos, saltando de 50 empresas em 2012, para 240 em 2017, ano em que a receita do setor chegou a US$ 1,3 bilhão.

Segundo o ministro, R$ 100 milhões serão investidos no desenvolvimento e produção de jogos, além de conteúdos em realidade virtual e realidade aumentada, lançamento de jogos, aceleração de empresas, bem como mostras e festivais, infraestrutura e tecnologia, e formação e capacitação.

* Com informações do MinC


Cloud Computing
Prefeitura de Jundiaí usa IA e nuvem pública da IBM no combate à Covid-19

A assistente virtual, MILLA, é baseada no IBM Watson Assistant, para oferecer à população da cidade do interior paulista um canal de fácil acesso para tirar dúvidas de como agir de forma rápida e apropriada.


Indústria de semicondutores reage à liquidação da Ceitec

Em nota, associação nacional do setor indica “preocupação” com a medida. “Liquidação distanciará ainda mais o Brasil do conhecimento de ponta.”

OBr.Global promove bootcamps Live sobre empreendedorismo

Aceleradora, especializada em internacionalização das empresas, ensinará técnicas adotadas no Vale do Silício, nos EUA.

Política de informática foi feita para o hardware, mas deu certo com o software

Para Sílvio Meira, a estratégia que o Brasil quer desenhar para Inteligência Artificial precisa desafiar à produção nacional para trazer os resultados pretendidos.

Open Banking faz XP ir às compras no Brasil

XP anunciou a aquisição de participação majoritária na fintech Fliper, responsável, hoje, por mapear R$ 7 bilhões lem investimentos na sua plataforma.

Software livre venceu e desapareceu. Agora tudo é serviço.

Como lembrou o cientista e professor Sílvio Meira, ao participar do Convergência Digital em Pauta, até o Windows passou a rodar sobre fundação Linux.  O mundo, hoje, é de quem tem o serviço como diferencial de concorrência.



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G