Home - Convergência Digital

TRT-SP decide que motorista tem vínculo com Uber

Convergência Digital - Carreira
Convergência Digital* - 27/08/2018

A 15ª Turma do Tribunal Regional do Trabalho reconheceu a existência de vínculo de empregado entre Uber e um motorista de São Paulo. Para a relatora do caso, argumento da empresa de transporte de que não controla os colaboradores é falacioso.

“É falacioso o argumento utilizado na medida em que há controle da concretização do serviço de transporte prestado pelo motorista, dito parceiro”, firmou a desembargadora Beatriz de Oliveira Lima. Segundo ela, a alegação de que o motorista pode ficar off-line e recusar solicitações não condiz com a necessidade empresarial e com a realidade vivenciada na relação entre empresa e motorista.

“Fosse verdadeira tal afirmação, o próprio empreendimento estaria fadado ao insucesso, pois as empresas correriam o risco evidente de, em relação a determinados locais e horários, não dispor de um único motorista para atender o usuário”, sustentou a relatora, indicando que a Uber oferece incentivo se forem feitas 45 viagens na semana.

“Por fim, a alegação de que as empresas não impõem aos motoristas regras de conduta tampouco restou comprovada. Há confissão das demandadas de que as avaliações dos usuários são decisivas para a manutenção do cadastro do motorista. Aliás, a preposta, ouvida em audiência, admitiu que o demandante foi desligado exatamente por ter avaliação abaixo da média”, completou a desembargadora.

A empresa comunicou que vai recorrer e que já têm decisões favoráveis sobre o mesmo tema. “A Uber vai recorrer da decisão, considerando já existir sólida jurisprudência confirmando o fato de não haver relação de emprego entre a Uber e os motoristas parceiros” disse a empresa em comunicado enviado à Reuters nesta segunda-feira, 27/8.

Segundo a empresa, “no mesmo dia e horário da decisão desfavorável mencionada, não-unânime, a 17ª Turma do Tribunal, de maneira unânime, proferiu acórdão em sentido oposto, negando relação de emprego entre motoristas e a Uber. Em todo o país, já são 123 decisões favoráveis à empresa, 22 delas julgadas em segunda instância.”

* Com informações do Conjur e da Reuters

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

07/02/2019
Anatel terá app para comparação de preços, mas ele só fica pronto em 2020

30/01/2019
Bradesco viabiliza aluguel de carro pelo aplicativo

24/01/2019
Easy Taxi e Cabify unem operações para brigar com Uber e 99

23/01/2019
Telegram ignora Fake News e aumenta número máximo de pessoas em grupo

22/01/2019
Depois dos táxis, Uber enfrenta,agora, a ira das empresas de ônibus

18/01/2019
Brasileiro usa cerca de 30 aplicativos nos smartphones

16/01/2019
Nova licitação do TaxiGov abre portas para apps e locadoras de veículos

20/12/2018
Aplicativo e drone auxiliam no combate ao desmatamento no Amapá

13/12/2018
Justiça manda Uber entregar dados de passageiro a motorista

10/12/2018
STF: Relatores dizem que é inconstitucional barrar apps de transporte

Veja mais artigos
Veja mais artigos

O futuro do trabalho colocado à prova

Por Luiz Camargo*

Novas profissões exigem também novas habilidades para acompanhar a revolução digital. Os novos empregos certamente irão demandar habilidades analíticas, matemáticas e digitais, com um toque de neurociência.

Destaques
Destaques

STF anula decisão do TST e reforça valor legal da terceirização

Decisão aconteceu em uma ação de uma atendente contratada pela Contax, prestadora de serviços de call center, para atuar como terceirizada na Telemar Norte Leste.

Mais de 60% dos brasileiros estão infelizes, mas têm medo de mudar de emprego

Estudo da Brands2Life, com o LinkedIn, traz um dado assustador: 80% dos brasileiros não se candidata para a vaga de trabalho que gostaria. Cerca de um terço dos profissionais deixa de se candidatar a uma nova vaga por falta de confiança na sua própria capacidade.

Serviços de TI e de Telecom podem ser 100% terceirizados no Governo Federal

Também foi incluída na lista divulgada pelo governo Federal o serviço de teleatendimento. Decisão está publicada na portaria 443/2018.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site