TELECOM

Anatel: Reclamações contra telecom caem 13% em julho

Convergência Digital* ... 24/08/2018 ... Convergência Digital

Em julho de 2018, a Anatel registrou 244,6 mil reclamações, sendo 243,3 mil especificamente de usuários de serviços de telefonia fixa e móvel, banda larga e TV paga, o que significa um aumento de 21,7 mil registros em relação a junho (+9,7%), mas uma queda de 36,5 mil queixas (-13%) com relação a julho de 2017. As principais reclamações foram sobre cobrança indevida e qualidade de serviços.

Todos os serviços apresentaram redução nos últimos 12 meses, a telefonia móvel registrou menos 18,4 mil reclamações (-13,8%); a TV por assinatura menos 8,8 mil (-21,4%); a telefonia fixa menos 5,4 mil (-8,9%); e a banda larga fixa menos 3,2 mil (-7,4%).

No mês de julho, a telefonia móvel pós-paga registrou 82,3 mil queixas por causa de cobrança (47,7%), ofertas, bônus e promoções (10,1%) e qualidade e funcionamento (9,7%) dos serviços. Na modalidade pré-paga, foram registradas 32,8 mil reclamações sobre créditos pré-pagos (38,5%); de ofertas, bônus e promoções (19,6%); e qualidade e funcionamento (13,9%).

A telefonia fixa registrou 55,2 mil reclamações, cobrança (41,7%); qualidade e funcionamento (16,9%); e cancelamento (10,4%). O serviço de banda larga fixa registrou 40,6 mil reclamações divididas em qualidade e funcionamento (41,1%); cobrança (26,5%); e instalação (8,0%). A TV por assinatura registrou em julho deste ano 32,3 mil queixas. Os principais motivos foram cobrança (49,7%); ofertas, bônus e promoções (9,4%) e cancelamento (9,0%).

Segundo a Anatel, com exceção do Acre, que não apresentou variação na comparação com julho de 2017, todos os demais estados apresentaram redução no número de queixas. As maiores quedas ocorreram em São Paulo, menos 11,5 mil reclamações (-13,2%); no Rio de Janeiro, menos 9,6 mil (-21,2%); em Minas Gerais, menos 3,4 mil (-9,0%); na Bahia, menos 2,5 mil reclamações (-13,5%); e Pernambuco, menos 1,71 mil (+19,7%).

Esse recuo, no entanto, não vale para todas as operadoras. Ainda na comparação de julho de 2018 com o mesmo mês do ano passado, a TIM, teve aumento de 1,2  mil reclamações (+2,5%) na telefonia móvel; a NET, mais 0,6 mil (+8,1%) na banda larga fixa; e a Vivo, mais 0,2 mil (+8,0%) na TV por assinatura.

Na telefonia celular, a Vivo apresentou redução de 10,7 mil reclamações (-32,9%); seguida da Nextel, menos 4,5 mil (-51,1%); da Claro, menos 3,6 mil (-12,3%); e da Oi, menos 0,6 mil (-3,7%). E na telefonia fixa, a Oi registrou menos 4,0 mil reclamações (-12,4%); a NET menos 1,3 mil (-16,3%) e a Vivo menos 0,5 mil (-2,9%).

Na TV por Assinatura, nos últimos 12 meses a SKY registrou redução de 4,2 mil reclamações (-27,4%), o grupo NET/Claro menos 3,8 mil (-19,5%) e a Oi menos 0,9 mil (-26,6%). Na banda larga fixa, a Oi teve queda de 5,8 mil reclamações (-30,7%) e a Vivo menos 1,3 mil reclamações (-10,3%).

* Com informações da Anatel


Revista do 62º Painel Telebrasil 2018
Veja a revista do 62º Painel Telebrasil 2018 Brasil Digital: O futuro é agora - é o tema da revista do Painel Telebrasil 2018.
Edição, com 104 páginas, consolida os debates realizados no evento, que reuniu a indústria de Telecomunicações.
Clique aqui para ver outras edições

Celulares terão que indicar taxa de radiação emitida

Ao revisar o regulamento que trata da exposição eletromagnética, Anatel prevê 120 dias para que os equipamentos vendidos tragam a informação nas caixas ou manuais.

Bloqueio de celular pirata será estendido a mais 10 estados

A partir de domingo, 23/9, quem tiver aparelho sem IMEI válido vai começar a receber mensagens de que o celular será bloqueado a partir de dezembro. Ativo em Goiás e no Distrito Federal desde fevereiro, sistema bloqueou cerca de 41 mil aparelhos.

TV paga: pirataria tem mais 'assinantes' que a Netflix no Brasil

Consultoria Business Bureau diz que a OTT possui 18% do mercado de assinatura de streaming de vídeo. A Globo Play fica na segunda posição, mas com apenas 4%. Pirataria no Brasil fica bem acima da média da América Latina.

Justiça mantém Pharol e Nelson Tanure fora da Oi até aporte de capital

Juiz Fernando Viana, da 7ªVara Empresarial do Rio de Janeiro, manteve a suspensão dos direitos políticos dos conselheiros e diretores da Oi ligados aos grupos.



Painel Telebrasil 2017 - Cobertura Especial ConvergênciaDigital


Clique aqui e acompanhe a cobertura completa do Painel Telebrasil 2017

  • Copyright © 2005-2018 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G