GOVERNO » Legislação

Brasil não pode ser um mero importador de Tecnologia em Internet das Coisas

Ana Paula Lobo e Pedro Costa, de Foz do Iguaçu ... 08/08/2018 ... Convergência Digital

O Brasil precisa transformar o Plano Nacional de Internet das Coisas em uma política de Estado para não ser um mero importador de tecnologia, adverte o gerente de Marketing de Produto do CPqD, Maurício Casotti. Segundo ele, a indústria nacional precisa, e rápido, entender o modelo de negócio para se inserir no ecossistema global.

"Temos que ser muito ágeis. Não pode a indústria nacional deixar passar essa onda. Os players globais estão trazendo suas soluções, mas elas não se adequam à nossa realidade" acrescentou. Em entrevista à CDTV, do portal Convergência Digital, durante o My Inova Summit, realizado nos dias 02 e 03 de agosto, em Foz do Iguaçu, Cassoti, que ministrou uma palestra sobre o impacto da Internet das Coisas, disse que prefere chamar Internet das Coisas de Integração das Coisas.

"O ecossistema tem de ser fortalecido, mas boa parte da indústria não sabe trabalhar em coopetição, ou seja, com competição e colaboração, para viabilizar o fomento das aplicações", observou. O CPqD aposta no open source, especialmente, na plataforma Dojot. "Não basta o CPqD fazer sozinho, ou uma indústria sozinha. Tem que ser todo mundo junto. Digo sempre: Internet das Coisas é tão grande que há espaço para todo mundo". assistam a entrevista com Maurício Casotti.


Painel Telebrasil 2019
A 63ª edição do principal encontro institucional de lideranças do setor de telecomunicações e TICs acontecerá entre os dias 21 e 23 de maio de 2019, em Brasília. Saiba mais em paineltelebrasil.org.br
Veja o vídeo

Pontes: Corte de 42% no orçamento deixa MCTIC 'com a corda no pescoço’

“Ao longo dos anos o ministério veio perdendo prestigio e o orçamento veio caindo. Precisamos de muito apoio para melhorar o orçamento para o ano que vem, porque  o deste ano já está feito”, afirmou o ministro Marcos Pontes.

Receita Federal decide cobrar IPI das impressoras 3D

Para o Fisco, a atividade de impressão em 3D caracteriza-se como uma operação de industrialização na modalidade de transformação.

"Espero que dinheiro da base de Alcântara não vire outro FUST", diz Marcos Pontes

Segundo explicou no Senado Federal, o acordo é uma autorização dos Estados Unidos para lançamentos de foguetes na base brasileira. Mas não há ainda definição de quem vai ficar com os recursos da operação comercial da base.

Félix Mendonça Junior (PDT-BA) é o novo presidente da CCT da Câmara

Parlamentar que dar atenção especial  para a discussão da chegada do 5G no Brasil e também nas novas tecnologias, entre elas, o reconhecimento facial.

Ministério da Economia vai concentrar pagamentos ao Serpro por base do CPF

Órgãos públicos têm 12 meses para estarem todos ligados à plataforma de interoperabilidade dos dados federais, ConectaGov. Contratos com Serpro serão firmados e assumidos pela Secretaria de Governo Digital, revela ao Convergência Digital, o secretário Luis Felipe Salin Monteiro.



  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G