GOVERNO » Legislação

Brasil não pode ser um mero importador de Tecnologia em Internet das Coisas

Ana Paula Lobo e Pedro Costa, de Foz do Iguaçu ... 08/08/2018 ... Convergência Digital

O Brasil precisa transformar o Plano Nacional de Internet das Coisas em uma política de Estado para não ser um mero importador de tecnologia, adverte o gerente de Marketing de Produto do CPqD, Maurício Casotti. Segundo ele, a indústria nacional precisa, e rápido, entender o modelo de negócio para se inserir no ecossistema global.

"Temos que ser muito ágeis. Não pode a indústria nacional deixar passar essa onda. Os players globais estão trazendo suas soluções, mas elas não se adequam à nossa realidade" acrescentou. Em entrevista à CDTV, do portal Convergência Digital, durante o My Inova Summit, realizado nos dias 02 e 03 de agosto, em Foz do Iguaçu, Cassoti, que ministrou uma palestra sobre o impacto da Internet das Coisas, disse que prefere chamar Internet das Coisas de Integração das Coisas.

"O ecossistema tem de ser fortalecido, mas boa parte da indústria não sabe trabalhar em coopetição, ou seja, com competição e colaboração, para viabilizar o fomento das aplicações", observou. O CPqD aposta no open source, especialmente, na plataforma Dojot. "Não basta o CPqD fazer sozinho, ou uma indústria sozinha. Tem que ser todo mundo junto. Digo sempre: Internet das Coisas é tão grande que há espaço para todo mundo". assistam a entrevista com Maurício Casotti.


Painel Telebrasil 2019
A 63ª edição do principal encontro institucional de lideranças do setor de telecomunicações e TICs acontecerá entre os dias 21 e 23 de maio de 2019, em Brasília. Saiba mais em paineltelebrasil.org.br
Veja o vídeo

Vinte e dois anos depois, governo tenta, mais uma vez, criar uma identidade nacional

Mais um Grupo de Trabalho foi montado para fazer o projeto sair do papel. Objetivo é criar uma base digital que unifique documentos diversos como Registro Geral (RG), Cadastro de Pessoa Física (CPF), Carteira Nacional de Habilitação (CNH), Carteira de Trabalho, Título de Eleitor e Certificado de Reservista.

MCTIC quer destravar acordo Telebras/Viasat por banda larga em 100 dias

Em entrevista ao portal do Palácio do Planalto, o ministro Marcos Pontes ambém falou sobre levar robótica para as salas de aula.

Caio Mario de Andrade é o novo presidente do Serpro

Perfil escolhido para a estatal é de um empreendedor da Internet. Vice-presidência ficará com um servidor de carreira, Wilson Biancardi Coury, que estava cedido à Rede Nacional de Pesquisa.

MCTIC quer modelo privado para o financiamento à inovação

“Temos a Finep, mas precisamos de um modelo de parceria com o setor privado”, afirma o novo ministro de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Marcos Pontes.

Marcos Pontes negocia mais recursos com equipe econômica para o MCTIC

Ao ser questionado sobre TICs, o novo ministro foi bastante cauteloso. Sobre privatizações - Telebras e Correios - deixou claro que isso fica com o ministro da Economia, Paulo Guedes.



  • Copyright © 2005-2018 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G