INTERNET

Facebook derruba rede de notícias falsas ligada ao MBL

Luís Osvaldo Grossmann ... 25/07/2018 ... Convergência Digital

ATUALIZADA - O Facebook derrubou nesta quarta, 25/7, uma rede de perfis e páginas que serviam para divulgação de informações falsas ligada ao chamado Movimento Brasil Livre. A rede social não a declarou expressamente a ligação, mas o próprio MBL reconheceu que “diversos coordenadores” tiveram suas contas retiradas do ar.

No começo da noite, o Ministério Público Federal (MPF) em Goiás cobrou, em caráter de urgência, explicações do Facebook acerca da remoção de 196 páginas e 87 perfis de sua rede social. A medida foi divulgada pelo próprio Facebook, nesta quarta-feira, 25. Embora a rede social não tenha especificado oficialmente quais perfis foram removidos, informações divulgadas pela imprensa dão conta de que as páginas desativadas variavam de notícias a temas políticos. Juntas, as páginas possuíam mais de meio milhão de seguidores.

“Como parte de nossos esforços contínuos para evitar abusos e depois de uma rigorosa investigação, nós removemos uma rede com 196 Páginas e 87 Perfis no Brasil que violavam nossas políticas de autenticidade. Essas Páginas e Perfis faziam parte de uma rede coordenada que se ocultava com o uso de contas falsas no Facebook, e escondia das pessoas a natureza e a origem de seu conteúdo com o propósito de gerar divisão e espalhar desinformação”, revelou o líder de Cibersegurança do FB, Nathaniel Gleicher, em postagem nesta quarta.

A rede social não indicou que são páginas do MBL, mas a informação foi divulgada pela agência Reuters e provocou uma resposta do próprio grupo político. “Na manhã de hoje, 25/07/2018, diversos coordenadores do Movimento Brasil Livre (MBL) tiveram suas contas arbitrariamente retiradas do ar pelo Facebook. A alegação dada pela rede social é a de que se tratava de coibir contas falsas destinadas a divulgação de 'fake news'”, admitiu o MBL, em nota.

Na véspera, o Facebook anunciara novas medidas, especialmente com relação a maior transparência com relação a propagandas políticas, com vistas ao início da campanha eleitoral no Brasil. E avisara que estava adotando esforço adicional em conter a disseminação de desinformações. Para o MBL, no entanto, a remoção de seus conteúdos teria relação ao que associou ao “viés político e ideológico da empresa”, tendo o próprio Mark Zuckerberg apontado por suposto “viés de esquerda”.


Coalizão Direitos na Rede diz que vetos enfraquecem Lei de Proteção de Dados

Carta subscrita por 30 entidades lembra que efetividade da nova legislação está comprometida até que seja criada a autoridade nacional de fiscalização.

Banco Inter pode pagar R$ 10 milhões por vazamento de dados pessoais

Comissão de Proteção dos Dados Pessoais do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) diz que instituição financeiro tentou encobrir o incidente de segurança. Investigação do MPF constatou que houve comprometimento de dados de quase 20 mil correntistas.

Banda larga cresce puxada por fibra óptica e pequenos provedores

Brasil terminou junho com 30,3 milhões de acessos fixos à internet, alta de 5% no primeiro semestre de 2018, período em que conexões em fibra saltaram 35%. Pequenos detém 71% das adesões líquidas.

Governo Trump prepara regras de proteção a dados pessoais

Departamento do Comércio dos EUA já fez mais de 20 reuniões com grandes da internet e das telecomunicações, como Facebook, Google, AT&T e Comcast. No Brasil, projeto aprovado no Congresso Nacional aguarda a sanção do presidente Michel Temer.

Novo estudo identifica internautas só com metadados e 96,7% de acerto

Pesquisa da University College of London se valeu de 5 milhões de contas do Twitter. Estudo indica que mesmo quando são usadas técnicas de ofuscação, a identificação acontece mostrando que uma mensagem na rede social revela idade, gênero, orientação política e o estado de ânimo de grupos ou indivíduos.

Revista Abranet 24 . maio-junho-julho 2018
Veja a Revista Abranet nº 23 A Convenção Abranet 2018 reuniu, na Bahia, cerca de cem empresas de internet. As discussões foram além do dia a dia e abordaram aspectos como planejamento, inovação e estratégia.
Clique aqui para ver outras edições

Acompanhe a Cobertura Especial do II Congresso Brasileiro de Internet - Abranet

Empresas da Internet pedem mais segurança jurídica

“O Marco Civil da Internet trouxe base sólida para criar parâmetros para se ter lei mínima para a Internet seguir avançando, mas, infelizmente, vemos varias iniciativas tentando modifica-lo", afirmou o presidente da Abranet, Eduardo Parajo.

Acompanhe a Cobertura Especial do II Congresso Brasileiro de Internet

  • Copyright © 2005-2018 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G