TELECOM

Febratel: Governo opta pelo atraso ao subsidiar o diesel com o uso do Fust

Ana Paula Lobo* ... 04/07/2018 ... Convergência Digital

Em informe divulgado nesta quarta-feira, 04/7, nos jornais Valor Econômico, Folha de São Paulo e Correio Brasiliense, a Federação Brasileira de Telecomunicações, Febratel, divulgou um posicionamento contrário ao uso dos recursos do FUST, Fundo de Universalização das Telecomunicações, para subsidiar o preço do diesel para os caminhoneiros. "Ao destinar recursos do FUST, o governo estará optando pelo caminho do atraso, da desconexão dos brasileiros", pontua o comunicado da Febratel.

O setor alerta que os fundos setoriais, como o Fust, o Fistel e o Funttel, devem ser usados para a ampliação do acesso à Internet do cidadão brasileiro. Mas, como reforça o comunicado, 'desde 2000, quando o Fust foi criado, nem um real, de um total de R$ 21 bilhões arrecadados, foi utilizado para o objetivo principal, que é a universalização dos serviços'.

A Febratel adverte que os fundos setoriais pesam no bolso do cidadão brasileiro, que já paga quase 50% de impostos na sua conta dos serviços de telecomunicações. A entidade lembra que são recolhidos R$ 60 bilhões de tributos ao ano, o que significa R$ 7 milhões por hora. "Com a decisão do governo, cada um dos 235 milhões de celulares ativos vai financiar também o desconto no diesel".

Para a Febratel, essa é uma equação que não fecha mais. " Precisamos usar os recursos para incluir pessoas e levar os serviços a distritos e regiões remotas, hoje sem cobertura. Conectar os brasileiros deve ser a prioridade do País', conclui o informe da Federação Brasileira de Telecomunicações.

Em maio, logo após o movimento de paralisação dos caminhoneiros, o presidente Michel Temer publicou a Medida Provisória nº 839, onde abre crédito extraordinário no valor de R$ 9,850 bilhões, e para o Fust, a reserva de contingência financeira com "recursos provenientes de receitas próprias e vinculadas" é no valor fiscal de R$ 777.126.483, para o subsidio do preço do diesel para os caminhoneiros.

*Com informações da Febratel


Londrina quer vender Sercomtel por R$ 130 milhões

Tentativa de privatização da operadora, que tem cerca de 400 mil acessos de telefonia e internet, foi remarcada para 18/8, na B3. Prefeitura admitiu o parcelamento na aquisição para atrair interessados nessa nova tentativa.

Refarming vai trazer 5G antes do leilão da Anatel, diz Rodrigo Abreu, da Oi

Executivo adverte, porém, que é necessária uma massificação de verdade na infraestrutura ótica no País. Para Abreu, o leilão tem de acontecer em 2021. “O Brasil não pode atrasar mais”, pontuou.

STF decide que Lei estadual que proíbe fidelização é constitucional

Para a Ministra relatora Rosa Weber, a lei do Rio de Janeiro apenas veda a fidelização, sem interferir no regime de exploração ou na estrutura remuneratória da prestação dos serviços. O objetivo, segundo ela, é apenas a proteção dos usuários.

Faixa de 1,5 GHz também pode ser destinada ao 5G para uso privado

Proposta foi apresentada em reunião do Conselho Diretor da Anatel.  Mas a faixa é usada pela Força Aérea Brasileira para aplicações de telemetria. Agência sugere destinar 30 MHz para satélites, como forma de evitar interferência.

Revista do 63º Painel Telebrasil 2019
Veja a revista do 63º Painel Telebrasil 2019 Transformação digital para o novo Brasil. Atualizar o marco regulatório das telecomunicações é urgente para construir um País moderno, próspero e competitivo.
Clique aqui para ver outras edições



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G