Home - Convergência Digital

TIM ativa rede 4G na faixa 700 MHz no Rio de Janeiro, em Curitiba e em Goiânia

Convergência Digital - Carreira
Convergência Digital - 13/06/2018

A TIM ativou a rede de quarta geração na frequência de 700 MHz nas cidades do Rio de Janeiro, de Curitiba e Goiânia, chegando ao marco de 1.008 municípios que operam na frequência. Com essa nova faixa, a operadora amplia de forma significativa sua capacidade e sua cobertura indoor e outdoor nas capitais, garantindo uma evolução da experiência de uso dos clientes cariocas. Além da 700MHz, TIM já opera nas faixas de 1800 MHz e 2600 MHz no 4G, além de oferecer todos os aparelhos do portfólio atual já habilitados para a frequência de 700 MHz.

"A ativação da frequência 700 MHz nestas cidades é mais um passo na evolução da oferta de rede da TIM e na nossa busca em proporcionar a melhor experiência e os melhores serviços para nossos clientes. Ultrapassar a marca de 1.000 municípios operando nesta faixa é uma consequência do investimento que a operadora tem feito em infraestrutura e demonstra a importância estratégica que a exploração do 700 MHz tem para a TIM. A ativação desta frequência é essencial para o contínuo incremento da performance da rede 4G e para o processo de digitalização do país", destaca Leonardo Capdeville, VP de Tecnologia da TIM Brasil.

A TIM já trabalha na frequência 700 MHz em mais de 1.000 cidades. No começo deste ano, a operadora anunciou que prevê o investimento de R$ 12 bilhões no triênio 2018-2020. A companhia pretende ampliar ainda mais a rede 4G chegando a mais de 4.000 cidades até 2020 e alcançando 96% da população urbana coberta, levando a cobertura de fibra a três milhões de casas no Brasil e ativando a tecnologia de quarta geração na frequência de 700 MHz em todas as cidades.

A acelerada expansão da rede 4G, que já está disponível em 3.125 municípios brasileiros, vem acompanhada da velocidade na prestação de serviços aos seus clientes. A operadora foi a primeira a utilizar a agregação de três frequências (1.800 MHz, 2.600 MHz e 700 MHz, nos locais onde já houve a ativação), melhorando principalmente a experiência indoor de navegação móvel de seus usuários. Hoje, mais de 80% do tráfego gerado nos smartphones dos clientes do Rio de Janeiro vem da tecnologia de quarta geração, que contam com uma velocidade mais alta e uma latência menor (tempo de resposta de dados mais curta).

A rápida e consolidada expansão da rede permitiu que soluções como a voz em HD (VoLTE), pudessem ser lançadas em mais de 1.501 cidades até agora. O VoLTE garante chamadas em alta definição de voz e sem ruídos. Com a tecnologia, o consumidor pode efetuar e receber chamadas por meio da rede LTE com eficiência e estabilidade, podendo também realizar ligações para telefones fixos sem consumir a franquia de dados. Entre suas principais vantagens, estão a possibilidade de navegar simultaneamente utilizando o 4G, redução do consumo de bateria e diminuição do tempo de estabelecimento da ligação, que cai de oito para dois segundos, em média.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

16/01/2019
TIM amplia 4G na faixa de 700 Mhz em São Paulo

16/01/2019
Latência alta é o calcanhar de aquiles do 4G no Brasil

14/01/2019
Cobertura 4G: Vivo e Claro aceleram para encostar na TIM

11/01/2019
4G está em 55% dos celulares ativos

10/01/2019
Projeto de inovação usa 4G em 450 Mhz para Internet das Coisas

18/12/2018
Oi encerra 2018 com 25 cidades cobertas pelo serviço 4,5G

18/12/2018
TIM fecha novembro com 3218 cidades com 4G

14/11/2018
Embratel vai fornecer 4 mil chips 4G ao governo de Pernambuco

07/11/2018
Vivo amplia voz sobre 4G para 24 cidades em novembro

07/11/2018
CADE aprova ran sharing de frequências entre TIM e Oi

Destaques
Destaques

Projeto de inovação usa 4G em 450 Mhz para Internet das Coisas

Seis startups foram selecionadas para iniciativa Agro IoT Lab 2018, voltada para a transformação digital do agronegócio, da Vivo, Raízen e Ericsson.

Celular encosta nas TVs nos lares dos brasileiros

O dispositivo está presente em 93,2% dos domicílios e está em tendência de alta em relação às TVs, que reinavam até então. O celular também foi o equipamento mais utilizado para acessar a Internet dentro de casa.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Desvende 10 mitos sobre os cartões biométricos

Por Cassio Batoni*

Como toda nova tecnologia, os questionamentos sobre a sua segurança e e a sua confiabilidade ainda existem e são compreensíveis, mas ela veio para ficar. A impressão digital surge como a confirmação principal de que o usuário é quem diz ser.


Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site