Home - Convergência Digital

Trump muda de ideia e resolve 'ajudar a ZTE a fazer negócios'

Convergência Digital - Carreira
Convergência Digital - 14/05/2018

Mudou de ideia. Neste domingo, 13/05, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, decidiu que vai ajudar a ZTE - que teve de suspender as operações por conta do duro bloqueio imposto pelo próprio governo dos Estados Unidos - a 'retomar as atividades rapidamente. Na prática, Trump cedeu à pressão da China, que exigiu uma resolução- rápida- para o impasse da ZTE como pré-requisito para discussões comerciais mais amplas com os Estados Unidos.

Na sua tentativa de rever a posição, Trump usou o twitter. “Empregos demais perdidos na China. O Departamento de Comércio foi instruído a resolver isso!”, escreveu o presidente no microblog, afirmando que ele e o presidente chinês, Xi Jinping, estavam trabalhando em uma solução para a ZTE.

No mês passado, o Departamento de Comércio dos EUA proibiu companhias norte-americanas de venderem produtos para a ZTE por sete anos como punição depois que a companhia chinesa foi descoberta vendendo ilegalmente produtos dos EUA para o Irã e a Coreia do Norte, quebrando um acordo de 2017. A descoberta ocorreu durante uma investigação promovida pelo governo Barack Obama, antecessor de Trump.

A punição cortou o acesso da ZTE a importantes componentes como chips, fazendo a segunda maior fabricante de equipamentos para telecomunicações da China anunciar na semana passada a suspensão de suas principais operações.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

Destaques
Destaques

4G já alcança metade dos celulares no Brasil

No fim do primeiro semestre de 2018, país contava com 118 milhões de chips de quarta geração.

Banda larga móvel: América Latina cobra até três vezes mais pelo espectro

"Políticas de espectro que aumentam os preços e concentram-se em ganhos de curto prazo são incompatíveis com a economia digital", adverte o diretor da GSMA, Sebastián Cabello.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

A IA vai virar a economia de "cabeça para baixo" como um tsunami!

Por: Eduardo Prado *

O impacto só não vai ser mais ser mais rápido nas economias dos países por causa da falta de mão de obra de Inteligência Artificial por conta da carência de especialistas como cientistas de dados.


Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site