NEGÓCIOS

Xerox rejeita proposta de US$ 6,1 bi da Fujifilm e vai à leilão

Ana Paula Lobo* ... 14/05/2018 ... Convergência Digital

A era turbulenta da ex-dona do mercado de impressão não termina. A Xerox desistiu de acordo de US$ 6,1 bilhões de dólares com a Fujifilm, em uma vitória para os acionistas Carl Icahn e Darwin Deason.

A vitória dos investidores bilionários deixou a companhia japonesa ainda mais atrás sobre qualquer nova negociação com a Xerox, embora a empresa não esteja totalmente fora do páreo, agora que a Xerox deverá ser colocada à venda em um leilão pelo maior preço.

As duas companhias tinham concordado em janeiro em fazer uma complexa fusão em que a Xerox seria incorporada pela joint-venture Fuji Xerox, atualmente controlada pela Fujifilm. O acordo fez Icahn e Deason, que detêm 15% da Xerox, argumentarem que a companhia norte-americana estava sendo subvalorizada.

O anúncio do negócio com a Fujifilm aconteceu no começo de fevereiro. Há anos a Xerox mergulhou numa crise. Se acontecesse o negócio com a Fujifilm pelo menos 10 mil funcionários seriam demitidos, conforme agências internacionais noticiaram à época do anúncio da transação.

A operação brasileira - comandada por Ricardo Karbage desde 2012, apesar de ainda ser vista como a maior da América Latina, perdeu muito espaço. No ano passado, a fábrica em Ilhéus, na Bahia, foi fechada. A fábrica de Resende, no Rio de Janeiro, já tinha sido desativada no começo da crise.

*Com Agência Reuters


Cientista de dados vai muito além de um analista de BI

São os cientistas de dados que têm capacidade de levar milhares de variáveis em consideração para definir a melhor tomada de decisão, pontua Luiz Malere, gerente de customer advisor e inovação do SAS.

Cenário ainda é nebuloso, mas aumenta a confiança na indústria eletroeletrônica

Após quatro quedas consecutivas, o Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) do Setor Eletroeletrônico, aumentou 9,3 pontos no mês de junho em relação a maio, mas ainda fica abaixo dos 50 pontos, indicando o receito das empresas com relação ao impacto da Covid-19.

Bradesco: Open Banking tem regulamentação agressiva e será uma agenda de ataque

O conselheiro do banco, Maurício Minas, diz que os grandes bancos vão adotar técnicas de defesa frente à concorrência, sem deixar de partir ao ataque. "Nós temos funding, balanço e credibilidade", salientou. Bradesco promete o uso massivo das nuvens híbridas.

Câmbio pressiona componentes e repasse vai chegar ao consumidor

Em sondagem realizada pela Abinee,  69% das empresas reportaram "pressões acima do normal".  O custo do frete também impacta os preços em tempo de redução de produção por conta da Covid-19.

Banco Bari e Paraná Banco unem transformação digital ao Open Banking

O Pari, nascido 100% digital, e o Paraná Banco, com 40 anos de atividades, identificam no Open Banking a oportunidade de avançar e consolidar linhas de serviços.



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G