Home - Convergência Digital

Teles: suspensão das operações da ZTE não afeta infraestrutura nacional

Convergência Digital - Carreira
Ana Paula Lobo - 11/05/2018

As operadoras brasileiras já estavam migrando ou se desfazendo dos equipamentos da ZTE antes de a crise da fabricante com o governo dos Estados Unidos estourar. Procuradas pelo Convergência Digital, as teles afirmaram que não correm risco nas suas infraestruturas por conta da possível saída da chinesa no mercado. A maioria afirma ter 'poucos equipamentos ativos e/ou migraram para outros fornecedores'.

A ZTE Brasil, também procurada, não quer falar. Tampouco confirma se as operações no País foram paralisadas. Informa apenas que segue o comunicado global da fabricante, publicado no portal. Nele, a ZTE diz que foi obrigada a suspender as operações por conta das duras sanções comerciais impostas pelo governo dos EUA.

A Anatel, também procurada pelo Convergência Digital, disse que o assunto não faz parte do seu escopo por se tratar de uma fornecedora de equipamentos e não de uma operadora de telecomunicações. As sanções dos EUA à companhia chinesa aconteceram após investigações mostrarem que a fabricante chinesa revendeu tecnologia americana para o Irã, o que era proibido à época.

A ZTE firmou um acordo, pagou US$ 1,2 bilhão em multas e se comprometeu a demitir executivos. No entanto, descobriu-se que a maioria dos executivos não apenas foi mantida, como recebeu bônus por produtividade. Diante disso, os americanos elevaram o tom e proibiram empresas locais de negociar com a ZTE, entre elas a Qualcomm, fornecedora de chips, e a Google, com o sistema operacional Android.

*Com agências internacionais

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

11/05/2018
Teles: suspensão das operações da ZTE não afeta infraestrutura nacional

03/04/2014
Na Europa, tarifas de roaming acabam em 2015

Destaques
Destaques

FCC, dos EUA, impõe ‘Lei das Antenas’ para acelerar redes 5G

Regra aprovada pelo regulador dos Estados Unidos prevê entre 60 e 90 dias como prazo máximo para licenças de instalação de equipamentos, em especial, para as small cells. Lá também há burocracia e o prazo de espera pode chegar a um ano. No Brasil, a situação não é diferente.

BNDES recebe 54 projetos de IoT e selecionados terão apoio de R$ 30 milhões

São 23 projetos que propõem soluções de Internet das Coisas para cidades, 17 para saúde e 14 para campo. Juntos, envolvem investimentos de R$ 360 milhões. Banco vai selecionar, até outubro, as empresas que vão receber empréstimos não reembolsáveis.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Desvende 10 mitos sobre os cartões biométricos

Por Cassio Batoni*

Como toda nova tecnologia, os questionamentos sobre a sua segurança e e a sua confiabilidade ainda existem e são compreensíveis, mas ela veio para ficar. A impressão digital surge como a confirmação principal de que o usuário é quem diz ser.


Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site