Home - Convergência Digital

Construção civil projeta uso de Internet das Coisas para recuperar mercado

Convergência Digital - Carreira
Convergência Digital - 10/04/2018

Depois de alguns anos de retração por conta da crise econômica, o segmento da construção busca se reerguer. Dentre os aspectos que estão sendo analisados pelas empresas para que essa recuperação seja possível, está a promoção da inovação tecnológica e digitalização do setor. Prova disso é a Rede Construção Digital, núcleo de relacionamento, pesquisa e negócios criado pelo CTE (Centro de Tecnologia em Edificações).

A iniciativa já rendeu seus primeiros frutos: um grupo de empresas focado na ampliação do movimento de Internet das Coisas (IoT). Composto por uma projetista, três incorporadoras, cinco indústrias e duas fornecedoras de TI, o grupo – que é o primeiro no Brasil voltado para o IoT na construção – tem nomes como Alphaville Urbanismo, Schneider Eletric, Amanco, Autodoc e Mega Sistemas (única desenvolvedora de ERPs).

"Estamos focados em promover estudos e possíveis projetos para a IoT, sempre com foco na inovação da construção civil. Nosso objetivo é encontrar solução para necessidades ou situações para as quais o mercado ainda não encontrou uma resposta, como, por exemplo, a conferência ágil e precisa de materiais recebidos nos canteiros de obras, ou a medição exata da qualidade no processo produtivo", pontua o Arquiteto de Sistemas e representante da Mega no grupo, Renato Arruda.

Rede Construção Digital

Promovida pelo CTE, a iniciativa busca promover a cultura de inovação tecnológica e digitalização na área da construção e reúne diferentes incorporadoras, construtoras, projetistas, fabricantes de materiais e fornecedoras de soluções digitais.

O objetivo com o projeto é, por meio de 10 passos, realizar pesquisas de mercado para identificar o status atual de desenvolvimento digital do setor, analisar cases e, por fim, aumentar o acesso a soluções tecnológicas que façam sentido dentro do cenário brasileiro atual.

Além da Mega e das outras empresas participantes do grupo sobre IoT, a Rede Construção Digital conta com a participação de empresas de renome, como Thyssenkrupp, BKO, Tarjab e Eztec.

*Com assessoria de Imprensa

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

12/07/2018
Avança projeto que isenta Internet das Coisas do pagamento de Fistel

29/06/2018
Governo cria incentivo específico para fabricação de IoT no Brasil

19/06/2018
FINEP lança ação de fomento de R$ 1,5 bilhão para financiar programas de IoT

19/06/2018
TIM ativa rede comercial de Internet das Coisas em 700 Mhz

18/06/2018
Gastos globais com internet das coisas crescerão acima dos 13% até 2022

14/06/2018
BNDES lança chamada de R$ 20 milhões para projetos de IoT

24/05/2018
Proposta da Anatel reduz alíquota do Fistel a zero e amplia uso do Fust

24/05/2018
BNDES anuncia três linhas para financiar internet das coisas

24/05/2018
Plano prevê moratória tributária de 10 anos para IoT

17/05/2018
IoT precisa resolver questões de ordem social, econômica e legal

Destaques
Destaques

Brasil ativa 72 novos celulares 4G por minuto em maio

No quinto mês do ano, 3,2 milhões de novos chips 4G entraram em operação, somando um total de 116 milhões de acessos ativos. Ao levar em conta os acessos fixos e móveis, o País soma 237 milhões de acessos ativos.

5G: redes comerciais na América Latina em 12 a 18 meses

Crescimento rápido do 4G abre espaço para investimentos no 5G, afirma a 5G Americas. América Latina pode fechar 2018 com 258 milhões de conexões LTE ativas, incluindo o M2M.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

A IA vai virar a economia de "cabeça para baixo" como um tsunami!

Por: Eduardo Prado *

O impacto só não vai ser mais ser mais rápido nas economias dos países por causa da falta de mão de obra de Inteligência Artificial por conta da carência de especialistas como cientistas de dados.


Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site