Home - Convergência Digital

Oi usa sensores de IoT para gestão de evento no Rio de Janeiro

Convergência Digital - Carreira
Convergência Digital - 06/04/2018

A Oi forneceu solução de Internet das Coisas para o monitoramento de facilities no evento Rio Creative Conference, a Rio2C, evento que acontece até o dia 08 de abril na Cidade das Artes, na Barra da Tijuca, e reúne grandes nomes da tecnologia, inovação e cultura, na qual também é fornecedora da rede de Telecomunicações e TI para o evento.

Foram instalados 22 sensores para monitorar em tempo real alimentação de energia elétrica, temperatura e controle de acesso aos espaços físicos onde estão os equipamentos, integrados à ferramenta de gestão e controle do NOC (Network Operation Center) instalado exclusivamente no evento. De acordo com a Oi, a infraestrutura está projetada para suportar um público estimado pelos organizadores de seis mil pessoas de segunda a sexta-feira, e 20 mil pessoas somente no fim de semana.

A operadora disponibilizou  ainda links de dados totalizando 5 Giga na Cidade das Artes, usados em todas as 80 salas e ambientes do evento, inclusive as sete salas onde houve transmissões ao vivo de palestras e debates. Para oferecer toda a infra de telecom e TI para o Rio2C, a Oi implantou oito quilômetros de rede de fibra ótica, em um trabalho que levou dois meses de planejamento e montagem, envolvendo mais de 200 profissionais de diversas áreas da empresa, e destacou uma equipe de mais de 100 pessoas para a operação dos seus serviços nos seis dias do encontro.

Também foram construídos 10 quilômetros de cabeamento para interligar todos os dispositivos utilizados  pelo público do Rio2C. Além disso, a Oi instalou 110 pontos de wi-fi, usados tanto para o Oi WiFi quanto outras redes dos frequentadores. A Oi também reforçou os sinais 3G e 4G da Cidade das Artes.

A Oi também oferece uma série de painéis e apresentações trazendo à tona assuntos como inovação digital, “smart cities”, política para música e educação através dos games. A empresa leva à Cidade das Artes o OITO (aceleradora de startups da Oi), soluções de TICs voltadas para empresas e projetos do Oi Futuro (instituto de inovação e criatividade da Oi).

Para o público presente, a Oi disponibiliza um espaço de coworking do OITO e ainda apresentará a sua plataforma de cloud, o Oi Smart Cloud 4.0, que permite implementações gerenciadas de nuvens inteligentes e gestão eficaz de aplicações e dados dentro e fora do datacenter das empresas com segurança e agilidade. A solução será utilizada para a hospedagem de aplicativos durante pitching de startups e também para suportar protótipos que sejam criados durante o hackaton com a temática “Smart Cities”.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

12/07/2018
Oi e TIM ampliam acordo de compartilhamento de radiofrequências

12/07/2018
Avança projeto que isenta Internet das Coisas do pagamento de Fistel

11/07/2018
Oi passa atender PMEs nas lojas do varejo

29/06/2018
Governo cria incentivo específico para fabricação de IoT no Brasil

28/06/2018
Anatel rejeita pedidos de Société e Pharol para mudanças no conselho da Oi

22/06/2018
App técnico virtual da Oi chega a 3 milhões de downloads

21/06/2018
Rogério Takanayagi, ex-TIM, assume marketing de Varejo e Empresarial da Oi

19/06/2018
FINEP lança ação de fomento de R$ 1,5 bilhão para financiar programas de IoT

19/06/2018
TIM ativa rede comercial de Internet das Coisas em 700 Mhz

18/06/2018
Gastos globais com internet das coisas crescerão acima dos 13% até 2022

Destaques
Destaques

Brasil ativa 72 novos celulares 4G por minuto em maio

No quinto mês do ano, 3,2 milhões de novos chips 4G entraram em operação, somando um total de 116 milhões de acessos ativos. Ao levar em conta os acessos fixos e móveis, o País soma 237 milhões de acessos ativos.

5G: redes comerciais na América Latina em 12 a 18 meses

Crescimento rápido do 4G abre espaço para investimentos no 5G, afirma a 5G Americas. América Latina pode fechar 2018 com 258 milhões de conexões LTE ativas, incluindo o M2M.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

A IA vai virar a economia de "cabeça para baixo" como um tsunami!

Por: Eduardo Prado *

O impacto só não vai ser mais ser mais rápido nas economias dos países por causa da falta de mão de obra de Inteligência Artificial por conta da carência de especialistas como cientistas de dados.


Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site