Home - Convergência Digital

Brasileiros têm carro autônomo como objeto de desejo

Convergência Digital - Carreira
Convergência Digital - 27/03/2018

Caso uma das gigantes de tecnologia como Google e Apple lançassem um carro no mercado brasileiro, a maioria dos consumidores locais, ou quase 67% deles, trocaria sua marca atual e tradicional pela novidade, revela a 17ª edição da pesquisa Cars Online Report, da Capgemini, chamada de “Beyond the Car”, realizada globalmente com mais de 8 mil entrevistados, dos quais 1.005 deles brasileiros pela Capgemini.

O levantamento aponta ainda que o forte papel das redes sociais na compra de automóveis no Brasil pode ser medido pela influência de comentários positivos nas redes, algo como 71% o observam com ênfase – 36% acham a influência ”muito provável” e outros 35% admitem que é “bem provável”. Entre os consumidores brasileiros, 56% deles consideram que os serviços de aplicativos são complementares a compra de um automóvel novo – exatamente como acontece no mundo.

O relatório mostra ainda que os brasileiros acreditam nos veículos autônomos, uma vez que 88% dos consultados no País têm esse desejo exposto na pesquisa. A crença nos carros autônomos é explicada assim: 58% deles esperam ter menos estresse – o maior índice dentre todos os oito países pesquisados – e 56% pelo aumento da segurança e risco reduzido, algo bem abaixo dos 72% verificados em outros mercados emergentes. A cibersegurança virou tema também nos carros autônomos. Isso porque 68% dos brasileiros consideram a segurança como protagonista na hora de definir uma aquisição.

Indagados sobre a possibilidade de compartilhamento de informações, 34% dos donos de carros no Brasil admitem o compartilhamento de informações caso conseguissem algum incentivo ou serviço, enquanto algo como 31% o fariam de forma anônima para fins de pesquisa ou estatística e outros 25% não teriam restrições com relação ao uso. A pesquisa Cars Online contou com a participação de mais de 8 mil consumidores do Brasil, Alemanha, China, Estados Unidos, França, Índia, Itália e Reino Unido.

 

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

10/12/2018
Indústria abre edital para financiar startups de impressão 3D

29/11/2018
Oi seleciona startups para programa de aceleração do Oito

26/11/2018
Cansado de esperar Ucrânia, Brasil extingue Alcântara Cyclone Space por MP

14/11/2018
Governo regulamenta fundo de investimento para uso de recursos da Lei de Informática

12/11/2018
Finep seleciona 21 parceiros estaduais em programa de incentivo a startups

31/10/2018
MCTIC e Senai se unem para mapear Indústria 4.0

25/10/2018
Ranking das 100 fintechs mais inovadoras do mundo tem três brasileiras

24/10/2018
CGU usa aprendizado de Inteligência Artificial para fiscalizar repasses da União

04/10/2018
Finep tem R$ 500 milhões para projetos de inovação em universidades privadas

27/09/2018
Governo vai usar R$ 1 bilhão da Finep em saneamento, mobilidade e energia

Destaques
Destaques

5G exige pelo menos 100 MHz para cada operadora no Brasil

O tema preocupa a coordenação de espectro do 5G Brasil, uma vez que foram destinados 300 MHz na faixa intermediária e há quatro operadoras nacionais.

Segurança cibernética é crítica para o avanço do 5G

O tema é considerado polêmico - até em função das questões políticas que o envolvem como a briga China x EUA -, mas precisa ser debatido, observa Gustavo Correa Lima, engenheiro do CPqD.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Desvende 10 mitos sobre os cartões biométricos

Por Cassio Batoni*

Como toda nova tecnologia, os questionamentos sobre a sua segurança e e a sua confiabilidade ainda existem e são compreensíveis, mas ela veio para ficar. A impressão digital surge como a confirmação principal de que o usuário é quem diz ser.


Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site