INTERNET

BNDES lança chamada para financiamento de IoT para saúde em abril

Da redação ... 16/03/2018 ... Convergência Digital

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) vai lançar uma chamada pública para financiamento de desenvolvimento de dispositivos para internet das coisas (IoT) no setor de saúde em abril, informou Thiago Camargo, secretário de política de informática (Sepin) do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), nesta quinta-feira 15/3. Trata-se da primeira iniciativa concreta de ação após o estudo “Internet das Coisas: um plano de ação para o Brasil” feito pelo consórcio McKinsey, Fundação CPqD e Pereira Neto Macedo.

De acordo com Camargo, a decisão de começar por saúde levou em conta a importância do setor para a sociedade. “Se é para gastar muito dinheiro público, nos pareceu que a mãe de todas as batalhas é mais a saúde pública que qualquer outra coisa. É uma questão de sobrevivência”, explicou. Quando perguntado quais serão os próximos setores, o secretário disse que os outros três — agronegócio, indústria e cidades — serão tocados simultaneamente. “Não posso garantir nada, porque pode mudar. A primeira ideia era que cidades inteligentes fosse primeiro”, afirmou.

A chama pública contemplará algumas formas de financiamento para criação de dispositivos que tenham interoperabilidade, sejam baseados em plataformas abertas e enderecem problemas de saúde. “O compromisso nosso é em abril fazer a primeira chamada”, disse. O valor ainda está sendo definido e os projetos serão escolhidos por uma banca formada pelo BNDES junto com MCTIC.

Camargo contou que a Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) conseguiu junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) um empréstimo de USD 1,5 bilhão e que parte deste valor deve ser usado para financiar projetos de desenvolvimento de internet das coisas. A Finep financia toda política de inovação do governo brasileiro.

“Esperamos assinar o contato antes da saída do ministro [do MCTIC Gilberto] Kassab porque ele que fez o todo esforço.” Ainda falta a aprovação da Secretaria do Tesouro Nacional (STN) e depois do Senado. Kassab é cotado para disputar, como vice de João Dória Jr., o governo do Estado de São Paulo. Para tanto, ele tem de deixar o cargo de ministro até 6 de abril.

O secretário não detalhou quanto do empréstimo do BID poderia ser usado para IoT, mas afirmou que o presidente substituto e diretor-financeiro da Finep, Ronaldo Camargo, teria se comprometido a fazer um esforço para dedicar R$ 3 bilhões em financiamentos para IoT, mas apenas na área de saúde. “Este esforço que vai ser feito será junto com esforço do BNDES, que já tem uma linha de manufatura avançada e agora está querendo uma linha específica para desenvolvimento de IoT.”

As regras para o chamamento serão publicadas em breve, mas Camargo adiantou que serão abertos dois tipos de financiamento de desenvolvimento de dispositivos de IoT para saúde. A linha de fundo perdido voltada para consórcios liderados por instituições de ciência e tecnologia e a linha TJLP (taxa de juros de longo prazo) para iniciativa privada.

Quando perguntado sobre por que apenas dispositivos (hardware) e não serviços também, o secretário se mostrou surpreso e reforçou que o foco agora é criar os devices para depois ter a camada OTT. “O device exige mais pesquisa, enquanto o serviço exige uma visão de modelo de negócios ou de aplicação. Por isto que este chamamento é primeiro para device. A gente acredita que os devices vão ajudar a resolver o lado da oferta e o serviço vem pela conta da demanda.” 


Fim da neutralidade de rede nos EUA está marcado para o dia 11 de junho

Presidente da FCC, Ajit Pai, está confiante na efetivação da medida, apesar de um movimento no Senado do país para derrubar as mudanças regulatórias aprovadas em dezembro de 2017.

BNDES terá piloto, em junho, para liberar entre R$ 1 milhão e R$ 10 milhões aos ISPs

Programa, batizado de BNDES 10, será lançado até o começo de junho e terá como diferencial a liberação dos recursos em um prazo de até 10 dias. Iniciativa também dispensa a apresentação de garantias por parte dos provedores Internet.

NIC.br lança cartilha com vacinas contra “fake news”

Como lembra o fascículo elaborado pelo Cert.br, boatos existem há tempos, mas ganham na internet terreno fértil para se propagar. Bom senso, atenção e confirmação fazem diferença.

Europa terá cota de conteúdo local para Netflix e empresas online

Nova legislação estenderá regras da televisão para serviços de vídeo na internet e inclui exigência de 30% de conteúdo europeu nas plataformas ‘on demand', além de contribuição para fundo do audiovisual.

Projeto prevê Direito ao Esquecimento de pessoas públicas no Marco Civil

Projeto não tenta impedir a divulgação de fatos sobre ocupantes de cargos públicos, mas abre um debate sobre o esquecimento de fatos, ainda que verídicos, de pessoas públicas que podem um dia vir a ocupar cargos por meio de eleições.

Revista Abranet 24 . maio-junho-julho 2018
Veja a Revista Abranet nº 23 A Convenção Abranet 2018 reuniu, na Bahia, cerca de cem empresas de internet. As discussões foram além do dia a dia e abordaram aspectos como planejamento, inovação e estratégia.
Clique aqui para ver outras edições

Acompanhe a Cobertura Especial do II Congresso Brasileiro de Internet - Abranet

Empresas da Internet pedem mais segurança jurídica

“O Marco Civil da Internet trouxe base sólida para criar parâmetros para se ter lei mínima para a Internet seguir avançando, mas, infelizmente, vemos varias iniciativas tentando modifica-lo", afirmou o presidente da Abranet, Eduardo Parajo.

Acompanhe a Cobertura Especial do II Congresso Brasileiro de Internet

  • Copyright © 2005-2018 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G