GESTÃO

Dataprev diz que seu maior ativo são os mais de 26 bilhões de dados civis

Luís Osvaldo Grossmann e Pedro Costa ... 15/03/2018 ... Convergência Digital

A Dataprev já tem 7,5 milhões de registros ativos em sua plataforma de autenticação para acesso a serviços digitais, revelou nesta quinta, 15/3, o diretor de tecnologia e operações da estatal, Matheus Belin, ao participar do 3º Seminário Brasscom Políticas Públicas & Negócios, em Brasília, nesta quarta-feira, 15/03.

“A Dataprev é detentora de mais de 26 bilhões de dados civis, esse é o nosso maior ativo. E está se posicionando como agente ativa do processo de transformação e entrega de serviços digitais. Já temos plataformas como Meu INSS e a Carteira de Trabalho digital, além de uma a plataforma de identificação, o Cidadão BR, com 7,5 milhões de registros”, afirmou Belin. 

Segundo ele, esse reposicionamento da estatal na oferta de serviços digitais tem um cronograma para a oferta de novos serviços. “Isso melhora o acesso a informação e a serviços que gradualmente a Dataprev está implementando. Já temos o acesso ao seguro desemprego online, em que o cidadão não precisa mais ir a uma agência. No Meu INSS teremos o auxílio maternidade implementado em 2018, assim como o acesso à aposentadoria por tempo de serviço.Assistam a entrevista com o diretor de Tecnologia e Operações da Dataprev, Matheus Belin.


Carreira
No Brasil, mais de 60% usam smartphone próprio para fins profissionais no horário de trabalho

Pesquisa global mostra que 92% dos brasileiros tiveram acesso ao smartphone, um número 30% acima dos usuários de notebooks (70%). Levantamento também destaca que as mulheres são mais engajadas do que os homens no uso do WhatsApp.

eSocial: Código de Acesso, sem certificação digital, possui validade de três anos

Após esse período, o Código gerado expira e o empregador será convidado a criar um novo. Será necessário informar novamente os números de recibos de entrega da DIRPF ou do Título de Eleitor. Quem usar certificado digital não vai precisar passar por esse processo.

Governo não flexibiliza e mais de 700 mil empresas podem ser excluídas do Simples

A não regularização dos débitos poderá acarretar a exclusão do regime a partir de janeiro de 2019, mas não há facilidades - como houve o REFIS para as grandes empresas - para a quitação da dívida.

Serpro adia consolidação de data centers

Em entrevista à CDTV do portal Convergência Digital, diretor de Operações, Iran Porto Júnior, admite que está delegando a questão para o próximo governo. A consolidação do mainframe de São Paulo seria a primeira etapa da futura integração de todos os serviços no data center de Brasília.

Azul Seguros: erra quem descarta o legado na transformação digital

O CIO da seguradora, Paulo Cesar Imelk, diz que falar é fácil, mas fazer a transformação digital acontecer é muito difícil. "No nosso caso, estamos indo a passos de bebê. Não há guinada", observa.

Decreto amplia uso da terceirização no serviço público

Nova norma cria algumas exceções à terceirização e deixa à cargo do Ministério do Planejamento definir o que poderá ser objeto de “execução indireta”.




  • Copyright © 2005-2018 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G