GESTÃO

Dataprev diz que seu maior ativo são os mais de 26 bilhões de dados civis

Luís Osvaldo Grossmann e Pedro Costa ... 15/03/2018 ... Convergência Digital

A Dataprev já tem 7,5 milhões de registros ativos em sua plataforma de autenticação para acesso a serviços digitais, revelou nesta quinta, 15/3, o diretor de tecnologia e operações da estatal, Matheus Belin, ao participar do 3º Seminário Brasscom Políticas Públicas & Negócios, em Brasília, nesta quarta-feira, 15/03.

“A Dataprev é detentora de mais de 26 bilhões de dados civis, esse é o nosso maior ativo. E está se posicionando como agente ativa do processo de transformação e entrega de serviços digitais. Já temos plataformas como Meu INSS e a Carteira de Trabalho digital, além de uma a plataforma de identificação, o Cidadão BR, com 7,5 milhões de registros”, afirmou Belin. 

Segundo ele, esse reposicionamento da estatal na oferta de serviços digitais tem um cronograma para a oferta de novos serviços. “Isso melhora o acesso a informação e a serviços que gradualmente a Dataprev está implementando. Já temos o acesso ao seguro desemprego online, em que o cidadão não precisa mais ir a uma agência. No Meu INSS teremos o auxílio maternidade implementado em 2018, assim como o acesso à aposentadoria por tempo de serviço.Assistam a entrevista com o diretor de Tecnologia e Operações da Dataprev, Matheus Belin.


Paraná reforça governança e se torna 2º estado mais exportador de TI

"A governança de TI independente de questão política. Ela é uma prioridade do Estado e é pensada para os próximos 30 anos", explica o coordenador da Secretaria Estadual de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Evandro Razzotto.

Informação é essencial para evitar a 'morte' de uma PME

O empreendedor precisa estar ciente do papel dos sistemas de informações para fazer o seu negócio fluir, adverte o Coordenador estadual do Programa de TI

eSocial Web tem nova funcionalidade para as empresas

Uma nova funcionalidade foi implementada no eSocial: a possibilidade de bloquear o ambiente web para edição, ou seja, não permitir a inclusão, alteração, retificação e exclusão de eventos.

Governo expande eSocial para empresas do Simples e MEI até novembro

Mas quem tiver ajustado os sistemas e quiser ingressar já no novo regime, poderá fazer a partir de segunda-feira, dia 16/07. Para as demais empresas privadas do país - que possuam faturamento anual inferior a R$ 78 milhões – o eSocial torna-se obrigatório a partir da próxima segunda-feira (16/7).

Receita Federal: Certificado Digital só é exigido no eSocial de quem já tinha essa obrigação

Por meio de nota oficial, o Fisco esclarece que o novo regime não cria nenhuma obrigação extra para o contribuinte.



  • Copyright © 2005-2018 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G