INTERNET

Projeto de lei nos EUA cria taxa para desbloqueio de pornografia online

Convergência Digital* ... 06/03/2018 ... Convergência Digital

Enquanto alguns estados americanos abriram uma batalha pela neutralidade de rede, com Washington sendo o primeiro a aprovar legislação que mantém as proteções na internet, outros já planejam o passo seguinte à liberação de bloqueio de conteúdo na rede. Em Rhode Island, um projeto de lei pretende criar uma taxa para quem quiser acessar pornografia online. 

A proposta, apresentada nesta terça, 6/3, por dois senadores estaduais Democratas, prevê que os provedores de acesso à internet devem bloquear todo “conteúdo sexual” na rede. Ao mesmo tempo, cria uma taxa de US$ 20 (cerca de R$ 65) para os internautas que quiserem desbloquear pornografia ou o que for considerado “material ofensivo”. Ainda segundo o projeto, o dinheiro deve ser recolhido pelos ISPs e repassado ao governo estadual. 

Segundo o texto, os provedores devem estabelecer “capacidade de bloqueio digital que torne inacessível conteúdo sexual ou material claramente ofensivo”. No caso de Rhode Island, isso enquadra representações ou descrições de atos sexuais, inclusive masturbação, sejam eles “normais ou pervertidos, reais ou simulados”.

Já “material ofensivo” significa qualquer coisa que seja “tão ofensiva que afronte os padrões correntes de decência”. Para desbloquear esse tipo de conteúdo, o projeto prevê que o internauta apresente pedido por escrito e identificação para provar ser maior de 18 anos e pague a taxa de US$ 20. 

* Com informações da Ars Technica


Projeto prevê Direito ao Esquecimento de pessoas públicas no Marco Civil

Projeto não tenta impedir a divulgação de fatos sobre ocupantes de cargos públicos, mas abre um debate sobre o esquecimento de fatos, ainda que verídicos, de pessoas públicas que podem um dia vir a ocupar cargos por meio de eleições.

Assespro diz que Marco Civil da Internet já prevê acesso a dados de datacenters no exterior

Ao explicar a ação que move no STF ao Comitê Gestor da Internet, Assespro Nacional sustentou que em casos de pedofilia e ameaças à vida troca de informações com Judiciário é automática.

Internet Society: Empresas, não peçam desculpas. Cuidem dos nossos dados pessoais

Em carta aberta, a entidade se mostra desapontada, mas não surpresa com a violação dos dados de usuários do Facebook pela Cambridge Analytics."O que aconteceu é resultado do modelo econômico onde se colocam os interesses comerciais em primeiro lugar".

Booking, Decolar e Expedia fecham acordo com o CADE para terminar cartel de preços

Agências renunciaram à atual política de cláusula de paridade de preços e condições imposta a hotéis que ofertam acomodações em suas plataformas. Processo começou em 2016.

Justiça do Rio manda YouTube retirar 16 vídeos que difamam memória de Marielle Franco

Vídeos têm de ser retirados em 72 horas, além de multa de R$1 mil por dia em caso de descumprimento.

Revista Abranet 23 . dez 2017 - jan/fev 2018
Veja a Revista Abranet nº 23 Qual é a fórmula do sucesso? Boas práticas aplicadas por corporações bem-sucedidas sugerem um caminho a seguir. Entrevista com Tadao Takahashi. Discussão sobre a lei de proteção de dados avança. E mais.
Clique aqui para ver outras edições

Acompanhe a Cobertura Especial do II Congresso Brasileiro de Internet - Abranet

Empresas da Internet pedem mais segurança jurídica

“O Marco Civil da Internet trouxe base sólida para criar parâmetros para se ter lei mínima para a Internet seguir avançando, mas, infelizmente, vemos varias iniciativas tentando modifica-lo", afirmou o presidente da Abranet, Eduardo Parajo.

Acompanhe a Cobertura Especial do II Congresso Brasileiro de Internet

  • Copyright © 2005-2018 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G