INTERNET

Washington desafia governo Trump e cria lei para manter neutralidade de rede

Convergência Digital* ... 06/03/2018 ... Convergência Digital

O estado norte-americano de Washington é a primeira unidade federativa dos Estados Unidos a editar uma legislação regional para garantir a neutralidade de rede, princípio da internet que impede que provedores controlem o acesso de usuários à internet. O governador democrata, Jay Inslee, assinou nesta segunda-feira, 05/03, a lei para impedir que empresas que vendem conexão possam:

bloquear conteúdos de aplicativos e serviços conectados;
desacelerar a velocidade dessas plataformas ou;
priorizar o tráfego de empresas que paguem para seu serviço furar a fila.

“Hoje nós fizemos história. Washington será o primeiro estado na nação a preservar a internet aberta com nossa própria lei de neutralidade de rede”, afirmou Inslee, no Twitter. A lei é editada após o governo federal derrubar as regras que garantiam o tratamento igualitário a serviços na internet. Isso permitiu que provedores de rede passassem a tratar de forma diferente serviços conectados.

O “fim” da neutralidade de rede da internet ocorreu com uma decisão da Comissão Federal das Comunicações dos EUA (FCC, na sigla em inglês), tomada em dezembro de 2017.
Na prática, a neutralidade de rede garante, por exemplo, que mensagens enviadas pelo WhatsApp tenham prioridade equivalente aos dados enviados pelo Netflix durante a exibição de um filme.

Ou seja, nenhum pacote, seja lá de que serviço for, pode furar a fila. Sem isso, um serviço pode pagar para furar a fila. Nesse cenário, quem tiver maior poder financeiro para custear vias livres de pedágios poderá se sair melhor diante dos consumidores. É essa possibilidade que Ansip criticou.

Na ordem em que derrubou as garantias à neutralidade de rede, a FCC afirmou que leis estaduais poderiam criar confusão com as regras federais. O ordenamento jurídico dos EUA, no entanto, permite que estados criem suas próprias regulamentações sobre as telecomunicações. Em entrevista à Associated Press, o governador de Washington ecoou esse sentimento.

“Os estados tem todo o direito de proteger seus cidadãos”, afirmou Inslee. As novas regras que derrubaram a neutralidade de rede nos EUA passam a valer a partir de 23 de abrir. Já as leis estaduais editadas em Washington entram em vigor em 6 de junho.

*Com o portal G1


TSE vai enviar intimações pelo WhatsApp e Facebook nas eleições 2018

Pelas plataformas serão encaminhadas intimações, notificações, citações ou pedidos para a tomada de providências que atendam ordens da Justiça Eleitoral. O serviço funcionará até a diplomação dos candidatos eleitos em 2018, que ocorrerá até o dia 19 de dezembro.

MP do Distrito Federal abre investigação contra YouTube, do Google

Foi instaurado um inquérito civil público para investigar a forma como a rede social trata os dados pessoais de crianças brasileiras. A investigação é conduzida pela Comissão de Proteção dos Dados Pessoais.

Senado divulga a versão final do PL de Dados Pessoais

Texto foi encaminhado à sanção presidencial e tem 30 dias para ser sancionado. Se passar sem vetos, a legislação entra em vigor, um ano e meio de pois da sua publicação no Diário Oficial da União. Acesse a íntegra do documento.

Facebook recebe multa máxima, mas baixa, por violar dados dos cidadãos da Inglaterra

Mas montante aplicado - cerca de US$ 650 mil - não é relevante para os cofres da rede social que, hoje, tem valor estimado em 590 bilhões de dólares. Para o órgão regulador britânico faltou transparência ao Facebook.

MP do Distrito Federal investiga venda ilegal de dados pessoais

Google, Yahoo, Baidu e Bing foram notificados para removerem o site 'Tudo sobre Todos' dos seus resultados de busca para conter a prática ilegal de venda de informações. O Mercado Livre foi notificado para suspender a conta pela qual são vendidos os créditos de acesso ao serviço.

Revista Abranet 24 . maio-junho-julho 2018
Veja a Revista Abranet nº 23 A Convenção Abranet 2018 reuniu, na Bahia, cerca de cem empresas de internet. As discussões foram além do dia a dia e abordaram aspectos como planejamento, inovação e estratégia.
Clique aqui para ver outras edições

Acompanhe a Cobertura Especial do II Congresso Brasileiro de Internet - Abranet

Empresas da Internet pedem mais segurança jurídica

“O Marco Civil da Internet trouxe base sólida para criar parâmetros para se ter lei mínima para a Internet seguir avançando, mas, infelizmente, vemos varias iniciativas tentando modifica-lo", afirmou o presidente da Abranet, Eduardo Parajo.

Acompanhe a Cobertura Especial do II Congresso Brasileiro de Internet

  • Copyright © 2005-2018 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G