NEGÓCIOS

ABES vai ao STF para barrar ICMS para software

Por Roberta Prescott ... 12/12/2017 ... Convergência Digital

A Associação Brasileira das Empresas de Software (Abes) vai entrar com uma ação direta de inconstitucionalidade (ADI) contra sobre a incidência do ICMS nas operações com softwares. Francisco Camargo, presidente da Abes, explicou que a associação está conversando com outras entidades, tais como Brasscom, Assespro e Fenainfo, para arrecadarem fundos a fim de entrar com a ADI. “A ideia é tentar uma liminar. Agora tem recesso, então, temos um, dois meses para nos articularmos”, disse.  “A mesma transação não pode ter dois impostos parecidos. É preciso definir se pagamos ISS ou ICMS”, explicou.

A ADI tem por finalidade declarar que uma lei ou parte dela é inconstitucional, ou seja, contraria a Constituição Federal. A Lei Complementar 157/2016 já atualizou a lista dos serviços sobre os quais incide o Imposto Sobre Serviço (ISS), deixando claro quais os serviços de tecnologia da informação e de comunicações que devem pagar o ISS.

A edição do Convênio ICMS nº 106/2017, publicado em outubro no Diário Oficial, autoriza os Estados e o distrito federal a legislarem sobre a incidência do ICMS nas operações com software. Conforme sinalizou o site JOTA, a edição da referida norma confirma a movimentação do Conselho Nacional de Política Fazendária (CONFAZ) nos últimos anos para estabelecer o setor de tecnologia no Brasil como o grande alvo das Fazendas Públicas Estaduais.

Pelo convênio, está autorizada, a partir de 1º de abril de 2018, a tributação das operações com software, programas, jogos eletrônicos, aplicativos, arquivos eletrônicos e congêneres, que sejam padronizados, ainda que tenham sido ou possam ser adaptados, comercializadas por meio de transferência eletrônica de dados (download ou streaming).

Durante a confraternização da Abes, nesta terça-feira, 11/12, Camargo destacou que a reforma trabalhista, a lei da terceirização e a definição de alíquota para ISS proporcionam mais segurança jurídica ao setor. “No Brasil, a falta de segurança jurídica deve-se ao excesso de regulamentação e não à falta dela”, apontou, fazendo referência à incidência do ICMS nas operações com softwares, à incidência do INSS sobre a receita bruta e à proposta de unificação de PIS e COFINS. “O ICMS sobre software é a maior ameaça que corremos”, ressaltou.


Cloud Computing
Serpro é a primeira empresa a vender certificado digital na nuvem

Estatal foi credenciada como Prestador de Serviço de Confiança (PSC) pelo Instituto Nacional de Tecnologia da Informação (ITI). Com o serviço,  batizado de NeoID, o usuário poderá fazer a assinatura a partir do próprio celular.

3º Seminário Brasscom de Políticas Públicas & Negócios 2018 - Cobertura Especial Convergência Digital
Brasscom lança manifesto para construir um Brasil Digital e Conectado

Entidade quer a colaboração da sociedade e de entidades de TI ou não para entregar um documento aos presidenciáveis. "Tecnologia precisa ser prioridade nacional", diz o presidente-executivo da Brasscom, Sergio Paulo Gallindo.


Veja a cobertura da 3º Seminário Brasscom de Políticas Públicas & Negócios 2018

Bitcoin deve ser declarado no IR, alerta tributarista

Segundo o Advogado, Carmine Gianfrancesco, do escritório Gianfrancesco & Mazzo Advogados - especializado em Direito Tributário Empresarial com prestação de serviços de contencioso tributário - a criptomoeda é um ativo aos olhos da Receita Federal.

CADE investiga se cartel de componentes de disco rígido agiu no Brasil

Cinco empresas e trinta e oito pessoas físicas teriam participado do conluio que, entre outras coisas, combinaram preços em respostas a pedidos de cotação de clientes.

Plantronics compra Polycom por R$ 6,5 bilhões

Aquisição terá consolidação de negócios no Brasil, em especial, na área de videconferência, uma vez que as duas companhias atuam no mercado nacional.

São Paulo sedia primeiro hub da IBM dedicado à blockchain na América Latina

Investimento na tecnologia, que deverá crescer 127% nos próximos três anos, é estimado em R$ 18 milhões até 2020. Unidade será ativada no 2º semestre.

TICs em Foco - TRANSFORMAÇÃO DIGITAL
Prever. Prevenir. Detectar e Responder

Essas são a exigência da remodelagem da gestão de riscos e da segurança organizacional nas corporações.



  • Copyright © 2005-2018 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G