TELECOM

Sercomtel terá 90 dias para se defender da caducidade das outorgas

Luís Osvaldo Grossmann ... 07/12/2017 ... Convergência Digital

Mais um presidente da Sercomtel foi à Anatel sondar a possibilidade de reversão do processo de caducidade das outorgas, aberto pela agência diante das sérias dificuldades financeiras da operadora que atua em Londrina, no Paraná. Hans Muller, que acumula o cargo com a presidência da Sercomtel Iluminação, queria autorização para vender terrenos e gerar caixa. 

“Ele é novo presidente da empresa, veio se apresentar e queria saber alguns detalhes quanto ao andamento do processo em si. Até ponderou a respeito de algumas propriedades, bens imobiliários sem nenhuma edificação que poderiam gerar algum recurso de caixa. Mas isso está para ser analisado dentro do processo”, explicou o presidente da Anatel, Juarez Quadros. 

Ele lembra que “no caso da Sercomtel já foi aberto o processo da caducidade, que está em andamento e foi o que explicamos ao novo presidente. O processo está no estágio de execução da caducidade e o prazo é de 12 meses. A empresa tem direito de ampla defesa e quando for notificada terá 90 dias. Tudo com bastante segurança jurídica”. 

A Anatel olha mais de perto o cenário econômico-financeiro da Sercomtel pelo menos desde 2013, quando já indicava ser a concessionárias de maior fragilidade do setor. Em agosto, quando o Conselho Diretor resolveu partir para o processo de caducidade, a conclusão foi de que a empresa não mais conseguia gerar receitas suficientes para manter a operação. 

Em Londrina, a expectativa da prefeitura municipal, que detém metade da empresa, é de que o outro sócio, a Copel, injete capital ou no pelo menos perdoe as dívidas da operadora. As dívidas são de aproximadamente R$ 250 milhões, o que representa um ano de receitas da empresa de telecom. Além disso, seriam necessários outros R$ 100 milhões para atualização tecnológica dos serviços. 

Em 10 dias, operadoras bloqueiam 1 em cada 344 celulares

Sistema que desabilita aparelhos sem identificação internacional IMEI bloqueou até aqui 37 mil celulares no Distrito Federal e em Goiás, menos de 0,3% do total.

Claro e TIM saem na frente na disputa por R$ 340 milhões em ativos da Cemig Telecom

Empresa promete ter o edital de venda pronto até o final de maio. É uma rara oportunidade para a aquisição de ativos de rede no País.

Operadoras começam a bloquear celulares piratas

Nesta terça-feira, 8/5, os telefones móveis sem IMEI válido habilitados a partir de 22/3 recebem as mensagens de que deixarão de funcionar na quarta-feira, 9/5. Os celulares comprados no exterior, desde que certificados na Anatel, vão continuar funcionando, avisa a agência reguladora.

Anatel volta a negar corte no preço na TV paga por exclusão dos canais Simba

Para agência, saída dos canais da Record, SBT e RedeTV! das grades de empresas de televisão por assinatura não é motivo para intervenção nos valores.

EUA e Brasil lideram fuga de assinantes na TV paga

Estudo com 14 países aponta, no entanto, que em oito deles as empresas estão conseguindo aumentar as receitas apesar da redução na base. O Brasil é um deles.

Telebras nomeia Roberto Pinto Martins para a diretoria

Martins, que já foi da Anatel e dos ministérios de Ciência e Tecnologia e das Comunicações, assume a diretoria técnico operacional.


Veja a revista do 61º Painel Telebrasil 2017
Revista do 61º Painel Telebrasil 2017
A edição de 2017 do Painel Telebrasil enfatizou a necessidade de atualização do modelo de telecomunicações e a definição de uma agenda digital para o País.

Painel Telebrasil 2017 - Cobertura Especial ConvergênciaDigital


Clique aqui e acompanhe a cobertura completa do Painel Telebrasil 2017

  • Copyright © 2005-2018 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G