Home - Convergência Digital

Fuja, corra, dos reclamões!

Convergência Digital - Carreira
Convergência Digital* - 07/12/2017

Se alguém na sua empresa reclama muito, essa pessoa deveria ser demitida imediatamente, pelo menos é o que defendeu ao Business Insider, a magnata do ramo imobiliário Barbara Corcoran, que vendeu seu negócio por US$ 66 milhões.

Esse tipo de funcionário foi classificado pela empreendedora como “ladrão na noite”, e disse que nunca o tolerou em suas empresas. Barbara Corcoran foi taxativa: a demissão desses funcionários foi a chave do sucesso de seus negócios.

“Essas pessoas evitam assumir responsabilidade por suas próprias ações, preferindo culpar os outros por situações ruins. Elas sempre terão uma desculpa, e suas constantes reclamações não passam em branco para seus colegas”, disse Barbara Corcoran.

“Eles podem até começar a desenvolver uma mentalidade de vítima própria como resultado da convivência com outros que fazem isso”. Em seus cálculos, uma pessoa negativa é capaz de tirar a energia de 15 ótimos funcionários. Por isso o apelido de “ladrões”.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

23/07/2018
Preciso demitir. E agora?

10/07/2018
Inscrições para o vestibular de inverno do Inatel seguem até o dia 19

10/07/2018
Brasileiro revela pavor de perder o emprego

28/06/2018
Eles ainda assustam, mas os tabus estão caindo na hora de preencher uma vaga

25/06/2018
Quebéc, no Canadá, abre mais vagas para profissionais brasileiros de TI e games

11/06/2018
Provedora de TI nacional abre vaga de emprego na Austrália

04/06/2018
Empresa de TI abre 50 vagas para trainees em Londrina e São Paulo

29/05/2018
Copa do Mundo está aí. Sua empresa já definiu a rotina de trabalho?

28/05/2018
Freelancers no Brasil: data mining, segurança e Web em alta. Software e apps em baixa

24/05/2018
Não deixe os maus hábitos destruir a sua rotina de trabalho

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Como a expatriação fortalece empresa e funcionários?

Por MarcosSantos*

O processo, que consiste em enviar profissionais para trabalhar na unidade da mesma empresa em outro país, promove uma troca de conhecimento entre a equipe da unidade estrangeira e novo colaborador, uma experiência enriquecedora de ampliação de  expertises e de uma nova atmosfera de trabalho.

Destaques
Destaques

Brasileiro revela pavor de perder o emprego

Estudo da Confederação Nacional da Indústria mostra que os profissionais brasileiros nunca ficaram tão preocupados com o emprego quanto agora. Sentimento cresce entre os homens, mas são as mulheres as mais assustadas com a possibilidade de demissões.

Profissional do futuro simplesmente não existe

A advertência foi feita pela futurista Lala Deheinzelin, criadora do movimento "Crie Futuros". Segundo ela, já não se pode mais pensar em uma profissão ou em um profissional. É preciso imaginar células, cada uma com sua capacidade. A união de todas elas é que será, de acordo com a especialista, capaz de nos levar a um mundo desejável.

Flexibilização no trabalho: prática bem longe da realidade no Brasil

Pesquisa mostra que 75% dos brasileiros ainda trabalham no formato tradicional: no escritório e no horário comercial. Estudo mostra ainda que 58% das empresas não fornecem recursos suficientes para viabilizar o home office.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site