Convergência Digital - Home

OpenStack entra na lista de prioridade dos gestores de Tecnologia

Convergência Digital
Convergência Digital* - 07/12/2017

O avanço da migração de soluções para infraestruturas em nuvem, tanto privada quanto híbrida, tem popularizado o software de código aberto OpenStack. Segundo pesquisa realizada pela Suse, empresa especializada em Open Source, 23% das empresas – praticamente uma a cada quatro – já utilizam OpenStack. O estudo apura que as empresas estão se voltando para a nuvem privada com Open Source por conta de sua flexibilidade, oportunidades de integração e pela redução dos custos gerais.

"A inovação e a adaptabilidade inerentes ao software de código aberto têm se mostrado ideiais para quem está mudando a sua TI para a transformação digital", observou o CTO da SUSE, Thomas Di Giacomo. O relatório mostra ainda que a tecnologia em nuvem amadureceu na medida em que muitas empresas estão adotando uma estratégia única para seus negócios.

A pesquisa projeta crescimento para todos os tipos de cloud, especialmente para o modelo híbrido (66% dos entrevistados preferem), privado (55%) e público (36%). Mais de 60% citaram a redução de custos como motivo para a adoção da nuvem, além de outras razões como melhorar a produtividade do desenvolvedor e programador (59%), a consolidação do data center (58%) e a melhoria da agilidade e inovação empresarial (57%).

A pesquisa, conduzida pela Insight Avenue, ouviu mais de 1,4 mil tomadores de decisão de TI de alto nível em 20 países em uma grande variedade de indústrias. Todos os entrevistados trabalham para organizações com mais de 250 funcionários, com 48% representando empresas maiores com cerca de 1 mil colaboradores.


Destaques
Destaques

Uma empresa utiliza, em média, 1295 serviços na nuvem

Relatório Netskope Cloud Report aponta que as três principais violações de política detectadas em serviços de nuvem corporativa incluem Prevenção a Perda de Dados (DLP), política de atividade na nuvem e, violações de atividade atípica.

Nuvem pública é usada no Brasil para back-up de dados e fluxos locais

A terceira edição da pesquisa Global Data Protection Index, encomendada pela Dell Technologies, mostra ainda que mais de 70% das empresas de médio e grande porte registraram incidentes com dados no Brasil, com um prejuízo médio de R$ 1,5 milhão.



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

As lições do buraco negro e da análise de dados às empresas

Por Paulo Watanave*

O fato é que por trás das aplicações e sistemas usados nas operações já existe um grande e variado conjunto de insights e algoritmos que podem ser usados para gerar valor real às organizações e para as pessoas de um modo geral. Estima-se que menos de 10% das companhias em todo o mundo tenham estratégias bem definidas para a utilização dos recursos digitais e das informações.

Edge Computing para acelerar os negócios das empresas brasileiras

Por Henrique Cecci*

O que é, afinal, Edge Computing? Trata-se da aplicação de soluções que facilitam o processamento de dados diretamente na fonte de geração de dados. No contexto da Internet das Coisas (IoT), por exemplo, as fontes de geração de dados geralmente são "coisas" com sensores ou dispositivos incorporados.


Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site